RESENHA: Sombra e Ossos - Trilogia Grisha #1

30 agosto 2016


Título: Sombra e Ossos - Trilogia Grisha #1
Autora: Leigh Bardugo
Páginas: 288
Editora: Gutenberg
Nota: 4/5
Sinopse: Alina Starkov nunca esperou muito da vida. Órfã de guerra, ela tem uma única certeza: o apoio de seu melhor amigo, Maly, e sua inconveniente paixão por ele. Cartógrafa de seu regimento militar, em uma das expedições que precisa fazer à Dobra das Sombras – uma faixa anômala de escuridão repleta dos temíveis predadores volcras –, Alina vê Maly ser atacado pelos monstros e ficar brutalmente ferido. Seu instinto a leva a protegê-lo, quando inesperadamente ela vê revelado um poder latente que nunca suspeitou ter. A partir disso, é arrancada de seu mundo conhecido e levada da corte real para ser treinada como um dos Grishas, a elite mágica liderada pelo misterioso Darkling. Com o extraordinário poder de Alina em seu arsenal, ele acredita que poderá finalmente destruir a Dobra das Sombras. Agora, ela terá de dominar e aprimorar seu dom especial e de algum modo adaptar-se à sua nova vida sem Maly. Mas nesse extravagante mundo nada é o que parece. As sombrias ameaças ao reino crescem cada vez mais, assim como a atração de Alina pelo Darkling, e ela acabará descobrindo um segredo que poderá dividir seu coração – e seu mundo – em dois. E isso pode determinar sua ruína ou seu triunfo.

A resenha de hoje se trata de um livro que me deixou muito empolgada com a sua sinopse, acontece que elementos de fantasia e um possível romance inserido na obra, me deixaram roendo as unhas para conferir essa história que promete conquistar muitos corações desavisados. 

Em Sombra e Ossos conhecemos Alina Starkov, uma órfã que viveu em um orfanato de um Duque durante a sua infância, esta última, poderia ter sido um período difícil e solitário, mas foi muito divertida graças ao seu melhor amigo - e também órfão - Maly. Os dois cultivaram uma amizade de longa data e posteriormente se alistaram juntos no exército.

Alina acaba por se tornar uma cartografa e sem muitas perspectivas para vida, ela se adapta a sua rotina. Sua vida leva um baque, no entanto, quando ao partir com o exército em uma missão: atravessar a Dobra das Sombras, ela acaba descobrindo algo inusitado a respeito da sua própria natureza. 

A Dobra das Sombras nada mais é que um trecho escuro no mapa, que nem sempre foi assim. Acontece que anos atrás, um Darkling - senhor supremo dos Grishas - em sua ganância para conseguir mais poder, acabou tornando uma parte do território em uma verdadeira escuridão, repleta de volkras - seres canibais com asas, que já foram humanos - e dessa forma, o mundo foi dividido em dois, impedindo o Norte de alcançar o Sul.

RESENHA: Clichê

29 agosto 2016


Título: Clichê
Autora: Carol Dias
Páginas: 282
Editora: Ler Editorial
Nota: 4/5

Sinopse: Marina Duarte está no vermelho. Dona de dupla graduação nas melhores faculdades públicas do Rio de Janeiro, seu sonho de construir a vida nos States não está funcionando.Decidiu se mudar para ficar perto da tia, sua única família, mas a crise não está ajudando em nada sua carreira.Sem saber como pagar as contas do próximo mês, Marina aceita uma vaga de babá na mansão da família Manning. Ela só não podia imaginar que sua vida mudaria completamente, apenas por conhecer duas crianças e um chefe viúvo e gato, maravilhoso, cheiroso e gostoso , que precisa urgentemente de sua ajuda.



A resenha de hoje se trata de uma obra maravilhosa, que me encantou desde do nome e da capa, que são sem dúvidas bem atrativos. Se o título já diz tudo, vocês já podem esperar desse livro um clichê convencional, mas preciso adiantar que a autora me surpreendeu muito com essa obra, que não tem nada de simples e sim, possui um enredo encantador.


Em Clichê conhecemos Marina Duarte, uma jovem formada em música que se muda para os Estados Unidos, afim de conseguir melhores oportunidades de trabalho. O que começou como um sonho, acaba se tornando um pesadelo pois Marina acaba trabalhando em um café e logo é despedida, ficando sem dinheiro nenhum para arcar com as suas despesas.

Sem muitas alternativas, ela recorre a sua tia que trabalha na casa de uma mulher muito influente, eis que ela consegue uma entrevista para uma vaga de babá de duas crianças. Sem relutar, ela resolve ir conhecer o local e tentar ser contratada, pois a cada dia que passa suas contas vão vencendo.


Ao chegar no local, Marina se depara com uma mansão e conhece o Senhor Killian Manning, que nada tem de senhor, pois parece ser muito jovem e incrivelmente lindo. Viúvo, ele explica a Mariana que precisa de alguém que se adeque aos horários das crianças e que vai deixar tudo a disposição dela. Sem hesitar, Marina acaba aceitando o emprego e mal sabia ela, as mudanças que estavam por vir. 

NA TELA: Hércules (2014)

25 agosto 2016



Filme: Hércules
Diretor: Brett Ratner
Gênero: Ação/Épico
Ano: 2014
Nota: 3.5/5

Filho de Zeus, o semideus Hércules (Dwayne Johnson) sofre há 400 anos, por ter perdido toda a sua família. Após realizar os Doze Trabalhos, ele conhece seis homens sanguinários e impiedosos, e une-se ao grupo em busca de novas tarefas e de qualquer trabalho que puder encontrar, com a condição de ser remunerado. Esses homens assassinam diversas pessoas em seu caminho, e com isso acabam despertando fama na região, até que o rei da Trácia chama Hércules e convida-o a treinar o seu exército, na intenção de transformá-los em verdadeiros mercenários.


O filme dirigido por Brett Ratner (X-Men: O Confronto Final) é uma das diversas adaptações ao mito greco-romano de Hércules, no entanto, diferentemente das demais essa versão narra os eventos posteriores aos Doze Grandes Trabalhos com uma abordagem mais realista.

Esse Hércules (Dwayne Johnson, The Rock) nunca está sozinho, algo inédito até agora, contando com a ajuda de: 

  • Tydeus (Aksel Hennie), 
  • Atalanta (Ingrid Bolso Berdal), 
  • Amphiarus (Ian McShane famoso por interpretar Barba Negra em "Piratas do Caribe - Navegando em Águas Misteriosas"), 
  • Seu sobrinho/poeta Iolaus(Reece Ritchie conhecido pelo filme "O Dançarino do Deserto"), e 
  • Autolycus (Rufus Sewell famoso pela série "Eleventh Hour"). 

Depois de ter completado os Doze Grandes Trabalhos e perdido sua esposa Megara (Irina Shayk) e seus filhos no reino do rei Eurystheus (Joseph Fiennes famoso por interpretar o protagonista no filme "Shakespeare Apaixonado"), Hércules abraça a vida de mercenário até o dia em que ele e seus companheiros são procurados pela princesa Ergenia (Rebecca Ferguson), a mando do Rei Cotys (John Hurt conhecido por viver Adam Sutler no filme "V de Vingança"), que deseja contratar seus serviços. 

Primeiramente, Hércules não desejava lutar novamente, mas como bom mercenário, aceita a proposta, já que pagarão uma enorme quantia de ouro (exatamente o seu peso em ouro!). Chegando na Trácia, ao se encontrar com o Rei Cotys, a Hércules é pedida ajuda para treinar seu exército e enfim derrotar o tirano Rhesus (Tobias Santelmann) que levava o caos à sua cidade. Hércules começa o “trabalho” e a partir daí tudo que em que ele acredita será testado.

RESENHA: O Ano em que Te Conheci

24 agosto 2016


Título: O Ano em que Te Conheci
Autora: Cecelia Ahern
Páginas: 336
Editora: Novo Conceito
Nota: 3/5

Sinopse: Bem-vindos ao mundo imperfeito de Jasmine e Matt.Vizinhos, eles não têm o menor interesse em tornarem-se amigos e nunca haviam se falado antes. Estavam sempre ocupados demais com suas carreiras para manter qualquer tipo de contato.Jasmine, mesmo sem nunca tê-lo encontrado, tem motivos para não suportar Matt.Ambos estão em uma licença forçada do trabalho e sofrendo com seus dramas familiares. Eles precisam de ajuda. Na véspera de Ano-Novo, os olhares de Jasmine e Matt se encontram de forma inusitada pela primeira vez. Eles têm muito tempo livre e precisam rever seus conceitos para poder seguir em frente.Conforme as estações do ano passam, uma amizade improvável lentamente começa a florescer.

Com vários livros publicados ao redor do mundo, Cecelia Ahern nos presenteia, desta vez, com um romance centrado nas estações do ano, onde sentimentos são colocados a prova, através de uma narradora que cultiva uma relação singular com o seu vizinho. Além de descobrirmos uma certa magia, por trás da jardinagem.

O Ano em que Te Conheci nos apresenta a história de Jasmine, uma mulher que nunca teve muito tempo para fazer as típicas tarefas que parecem entreter os seus vizinhos. Sejam elas, cuidar do jardim, fazer reuniões, caminhadas, dentre outras coisas que nunca passaram pela cabeça dela. Acontece que ao criar uma empresa, que vende 'ideias', sua mente sempre se manteve a mil, não havendo espaço para outras distrações em sua vida.


Tudo muda, no entanto, quando Jasmine é despedida pelo seu sócio e como consequência, precisa passar por um período de 12 (doze) meses, em licença-remunerada, pois ao trabalhar em um mercado competitivo, ela poderia acabar revelando segredos confidenciais á uma empresa rival, e por isso foi obrigada a ficar fora do mercado de trabalho por um ano.

DIVULGAÇÃO: Filhos da Lua


Olá Pessoal,

É com muita felicidade que venho divulgar, a pré venda do livro "Filhos da Lua" da autora parceira Marcella Rossetti. A obra que é repleta de elementos sobrenaturais de tirar o fôlego, promete encantar os fãs do gênero. O livro nos conta a história Bianca, uma adolescente que não imagina que sua chegada na cidade desencadearia uma série de acontecimentos capazes de transformar completamente a sua vida e revelar os segredos de um perigoso mundo.

O livro físico já se encontra em pré venda no site da Saraiva, e todos que o adquirem nesse período, até o dia 12 de Setembro, vão receber um brinde especial e 20% de desconto na compra do exemplar. Por isso não deixem de comprar logo o de vocês, eu estou morrendo de ansiedade para receber o meu. 

A notícia boa é que a autora vai estar presente na Bienal este ano, prometendo autografar todas as obras. A programação dela será a seguinte: 

Dia 27 de Agosto (Sábado), das 13 horas ás 14 horas, a autora estará aguardando o encontro dos fãs. E a partir das 14 horas vocês poderão encontrá-la em um workshop, sobre Escrita Criativa, ambos no Estande da Amazon.

RESENHA: Não Fale Com Estranhos

23 agosto 2016



Título: Não fale com estranhos
Autor: Harlan Coben
Páginas: 304
Editora: Arqueiro
Nota: 4/5

Sinopse: O estranho aparece do nada e com poucas palavras, destrói o mundo de Adam Price. Sua identidade é desconhecida. Suas motivações são obscuras. Mas suas revelações são dolorosamente incontestáveis. Adam levava uma vida dos sonhos ao lado da esposa, Corinne, e dos dois filhos. Quando o estranho o aborda para contar um segredo estarrecedor sobre sua esposa, ele percebe a fragilidade do sonho que construiu: teria sido tudo uma grande mentira?Assombrado pela dúvida, Adam decide confrontar Corinne, e a imagem de perfeição que criou em torno dela começa a ruir. Ao investigar a história por conta própria, acaba se envolvendo num universo sombrio repleto de mentiras, chantagens e assassinatos.Intrigante e perturbador, Não Fale Com Estranhos é mais que um suspense de tirar o fôlego. É uma reflexão sobre o bem e o mal, o amor e o ódio, o certo e o errado, os segredos, as mentiras e suas consequências devastadoras.


Quando a Vivianne Sophie, isso mesmo, haha, ela que é uma das blogueiras do Cá entre nós, me indicou esse livro de leitura, não esperava que fosse gostar tanto do que iria ler. Eu já havia lido outros livros do Harlan, mas esse sem dúvidas é um dos melhores. 

Não fale com estranhos, com o título original de O Estranho conta a história de Adam Price, pai de dois filhos, casado com Corinne e que tem uma vida aparentemente normal, como de qualquer pai de família. Entretanto a felicidade que acredita ter ao ser realizado com a família que construiu começa a ser posta em dúvida quando em um bar, um homem desconhecido por Adam fala a seguinte frase para ele: Você não precisava ter ficado com ela. A partir daí nada mais será igual na vida do protagonista deste enredo de tirar o fôlego e que, página à página, questiona as certezas e convicções do personagem e do próprio leitor. 

"O mundo de Adam Price não foi destruído imediatamente pelo que estranho revelou. Isso foi o que ele disse a si mesmo mais tarde. Mas era uma grande mentira".

Adam recebe uma revelação, de um homem estranho, de que sua esposa esconde algo dele. Ele fala nitidamente como se conhecesse ela e a forma como fala nos faz acreditar que não parece mentira o que ele nos revela, tanto que até Adam no fundo acredita nas palavras deste homem. Neste ponto inicial da história, no mínimo ficamos curiosos, mas essa parte é só a ponta do iceberg do que ainda está por vir em termos de mistérios na trama. Ao decidir confrontar sua companheira sobre a verdade, se você leitor, espera respostas ou pelo menos pistas, não se iluda, pois sinto muito te dizer, não as terá (pelo menos não agora), pois Corinne neste momento desaparece, deixando a dúvida se ela fugiu por vontade própria se esquivando de encarar a realidade ou se está sumida por que algo aconteceu com ela.

DIVULGAÇÃO: Submersão - O Lago Negro #2

22 agosto 2016



Olá Pessoal,


Com a Bienal tão próxima, resolvi apresentar para vocês um dos livros mais aguardados, que estará presente por lá, bem como a autora que estará autografando os exemplares. A maioria das pessoas devem conhecer a Juliana Daglio, mas para quem ainda não sabe, ela é a autora dos livros "Uma Canção Para Libélula Parte 1 & 2", "O Lago Negro" e agora também de "Submersão" que será lançado na Bienal. 

Submersão é o segundo livro da série "O Lago Negro" - resenha aqui -  que promete dar continuidade aos acontecimentos vividos pela protagonista - Verônica Cattani -  além de desvendar mais mistérios e nos fazer rever vários personagens cativantes da obra. 

O livro já está em pré - venda no site da Editora Arwen e a autora vai estar presente na Bienal, no dia 03 de Setembro, ás 15 horas. Não deixem de dar uma passada por lá e para os que não vão estar presentes, adicionem a obra ao skoob e adquiram o exemplar de vocês pelo site!

Abaixo deixo o link da pré venda, informações sobre a obra e a autora.

SUBMERSÃO - O LAGO NEGRO #2

Sinopse: Para Verônica Cattani os monstros que tanto tememos e desconhecemos não vivem embaixo da cama, ou atrás dos armários, muito menos em filmes de Terror – eles vivem dentro de sua própria mente. Depois de se mudar pra Lagoana e descobrir que sua memória esconde enigmas ainda mais profundos, ela se vê frente a frente com pessoas que nem imaginava fazerem parte de seu passado. Em seus textos, estão todas respostas e a família Caprini parece temer tantos seus significados quanto ela os teme. Liam não tem mais segredos. O garoto da capa vermelha saiu de seus sonhos, retornou para seu presente, e enfrenta os Caprini com costas eretas e um cinismo único. Ele é a única coisa que a impede de mergulhar agora. Seu pedaço de sanidade numa mente caótica. Porém o Anjo de Asas Douradas está prestes a se revelar, trazendo em seu poder algo que será difícil recusar: a oportunidade de saber o que existe nas profundezas.


RESENHA: O Lago Negro


Título: O Lago Negro
Autora: Juliana Daglio
Páginas: 368
Editora: Arwen
Nota: 5/5
Sinopse: Verônica é uma garota problemática marcada por um passado traumático do qual mal se lembra, mas que lhe tirou o direito à total sanidade.Ao se mudar para o interior, depois de passar no vestibular, ela se depara com o local perfeito para se inspirar e, finalmente, transformar seus personagens imaginários em um livro. Lagoana é uma cidade nebulosa, úmida, habitada por almas quietas e pouco amigáveis. Porém, o clima obscuro não despertará somente a criatividade, mas também acordará seus fantasmas mais profundos. Prestes a perder o controle sobre sua trama e sua mente, Verônica conhece um estrangeiro de sorriso cafajeste e olhos azuis e, desconfiada de suas intenções, ela guarda segredo quanto ao seu livro, mas não sabe que Liam também tem os seus. Verônica nem desconfia, mas eles podem ser a chave para os mistérios que a rondaram durante toda sua vida. Assim, o lago negro de sua imaginação será, definitivamente, o estopim para toda sua loucura emergir. O que será que ele esconde no fundo de suas águas escuras?

Depois de ler tantas resenhas positivas a respeito desse livro, resolvi me arriscar e dar uma chance a essa história. Já adianto que minhas expectativas estavam altas e felizmente todas elas foram atendidas. Acontece que Juliana Daglio tem uma forma de escrever que encanta e conquista, deixando nossos pobres corações emocionados e querendo mais. 

O Lago Negro conta a história de Verônica Cattani, uma jovem conturbada pela morte do pai, que consegue seguir com os seus dias, graças á alguns remédios e ao seu namorado - e também melhor amigo - Enzo. Os dois passaram no vestibular na cidade de Lagoana e resolvem morar juntos no campus da universidade, com as perspectivas de viverem uma vida melhor. 

Ao chegar na cidade, Verônica logo percebe que tem algo de errado com o lugar. Além de ser coberta por uma estranha névoa e um clima frio, os moradores não muito receptivos e o lugar abriga um estranho lago, que já apareceu nos sonhos da Verônica antes, aliás, é um dos temas do livro que ela vem tentando escrever. 



PROJETOS: Escute O Nosso Podcast

17 agosto 2016


Olá Pessoal,


Hoje vim falar de um espaço novo, que estamos inaugurando no blog. Acontece que há um tempo, a equipe tem pensado em fazer resenhas no formato de áudio, afim de que nossos leitores pudessem ter uma experiência mais completa do nosso conteúdo e também um pouco de contato conosco, ao ouvir nossa voz. 

A ideia surgiu após assistir a série Scream - atualmente disponível na Netflix - onde um dos personagens tem um Podcast e nele expressa sua opinião a cerca dos últimos acontecimentos da sua cidade. É claro que o nosso enfoque não é este, e por isso estamos adaptando o nosso Podcast, para a opinião dos livros que resenhamos e também a respeito dos filmes e série que comentamos aqui para vocês. 

RESENHA: Os Condenados



Título: Os Condenados
Autor: Andrew Pyper
Páginas: 320
Editora: Darkside®Books
Nota: 5/5

Sinopse: Danny Orchard conseguiu enganar a morte e ganhou uma segunda chance para viver. Só que ele não voltou do inferno sozinho. Em Os Condenados, Andrew Pyper, autor do fenômeno O Demonologista, explora as conexões de amor e ódio entre irmãos gêmeos, numa história sobrenatural digna de pesadelos. Danny passou por uma experiência de quase-morte em um incêndio há mais de vinte anos. Sua irmã gêmea, Ashleigh, não teve a mesma sorte. Danny conseguiu transformar sua tragédia pessoal em um livro que se tornaria um grande best- seller. Ainda que isso não signifique que ele tenha conseguido superar a morte da irmã. Claro, ela nunca mais o deixaria em paz. Mesmo depois de morta, Ash continua sendo uma garota vingativa e egoísta, como sempre. Mas agora que seu irmão finalmente tenta levar uma vida normal, ela se torna cada vez mais possessiva. Danny parece condenado à solidão. Qualquer chance de felicidade é destruída pelo fantasma de seu passado, e se aproximar de outras pessoas significa colocá-las em risco.

"O Medo Clássico Tem Um Novo Nome" 
-  Stephen King

Segundo lançamento do autor Andrew Pyper no Brasil, Os Condenados nos apresenta uma proposta sobrenatural, misturada a características psicológicas inerentes aos seres humanos. Nesta obra embarcamos em um enredo digno do gênero, que vai lhe deixar intrigado do inicio ao fim.

O livro nos apresenta Danny Orchard, um escritor renomado que não sabe muito bem que rumo dar a sua vida. Acontece que Danny teve algumas experiências pós morte e uma delas acabou levando-o a escrever o livro "O Depois" obra de sucesso, que retrata a experiência dele no paraíso. O livro lhe rendeu várias palestras e participações em clubes no estilo AA. 

Embora Danny tenha se estabelecido financeiramente e seja independente, sua vida nunca seria normal desde um acontecimento no seu aniversário de dezesseis anos. No mencionado dia, sua irmã Ashleigh (Ash) foi morta em um incêndio e desde então ela assombra Danny sempre pode, impedindo-o de criar relações afetivas e de seguir com a sua vida. 

"Gêmeos. Com dons tão desiguais, colocados em caminhos tão diferentes desde os primeiros momentos da vida, raramente nos descreviam como tal, até mesmo nossos pais".

RESENHA: O Beijo da Morte - Sob a Luz das Galáxias #1

16 agosto 2016


Título: O Beijo da Morte - Sob a Luz das Galáxias #1
Autora: Judie Castilho
Páginas: 340
Editora: Chiado
Nota:  4/5

Sinopse: Haysla e sua amiga, Violyt, estão iniciando uma nova fase em suas vidas. Depois de passarem muitos anos na Terra, enfim chegou o dia pelo qual elas tanto esperaram! Elas estão completando 17 anos e ingressando na Academia Frantila, a escola mais disputada do universo. Mas as coisas não serão fáceis para elas. A União Universal e seus 16 planetas aliados acreditam estar cada vez mais unidos e poderosos. Porém, uma grande conspiração intergaláctica está se formando. Seus planetas inimigos não querem mais viver à margem do universo. Eles estão em busca de poder e de um elixir que lhes garanta uma longa vida. Para complicar ainda mais as coisas, Haysla está vivendo um peculiar triângulo amoroso. De um lado, um amor leve, divertido, tranquilo. Possível. Com ele, Haysla tem a chance de uma vida segura e feliz. De outro lado, um amor ardente, avassalador, compulsivo... Mas impossível. E para viver este amor, Haysla não temerá consequências... E pode colocar todos em sérios apuros.

A Resenha de hoje se trata de um livro que foge do famoso clichê de alienígenas querendo destruir o planeta Terra ou filhos de alienígenas sendo refugiados no mesmo e vice versa. Inovando totalmente no assunto, Judie Castilho nos apresenta uma obra bem ambientada, repleta de personagens cativantes, além de ter uma iminente guerra como pano de fundo. Tudo isso somado a todo um clima colegial, em uma escola que vai além da  nossa imaginação.


Em O Beijo da Morte, conhecemos Hasyla e Violyt, ambas são melhores amigas desde da infância, além de serem mestiças: sangue humano misturado com sangue alien. As duas estão prestes a ingressar os estudos na Academia Frantila, uma escola criada pela União Universal (Uni Uni) que possui como matéria de estudos diversos planetas e os seus habitantes, além da aprimoramento da capacidade de cada um.



RESENHA: Gigantes Adormecidos

15 agosto 2016


Título: Gigantes Adormecidos
Autora: Sylvain Neuvel
Páginas: 328
Editora: Suma das Letras
Nota: 4/5

Sinopse: Rose passeia de bicicleta pelo bosque perto de casa, quando de repente é engolida por uma cratera no chão. A cena intriga os bombeiros que chegam ao local para resgatá-la: uma menina de onze anos caída na palma de uma gigantesca mão de ferro. Dezessete anos depois, Rose é ph.D em física e a nova responsável por estudar o artefato que encontrou ainda criança. O objeto permanece um mistério, assim como os painéis que cercavam a câmara onde foi deixado. A datação por carbono desafia todas as convenções da ciência e da antropologia, e qualquer teoria razoável é rapidamente descartada. Quando outras partes do enorme corpo começam a surgir em diversos lugares do mundo, a dra. Rose Franklin reúne uma equipe para recuperá-las e montar o que parece ser um robô alienígena gigante quase tão antigo quanto a raça humana. Mas, uma vez montado o quebra-cabeças, ele se transformará em um instrumento para promover a paz ou causar destruição em massa? Parte ficção científica, parte thriller, Gigantes adormecidos é uma história viciante sobre a disputa pelo controle de um poder capaz de engolir todos nós.


Com uma excelente proposta para uma nova série de ficção científica, Gigantes Adormecidos nos apresenta uma história ousada, com uma uma sinopse de tirar o fôlego, uma capa deslumbrante e um mistério muito bem construído.

Rose ganhou sua primeira bicicleta aos 11 anos e tudo que ela queria era sair por aí pedalando. Sem avisar os seus pais, a mesma se esgueira para fora de casa e segue pelo bosque da cidade. Ela só não contava que iria acabar sendo atraída por uma luz turquesa e consequentemente caindo em um buraco.Ao ser resgatada, Rose logo descobre que caiu em uma superfície metálica, em formato de uma mão.Tal fato desencadeia uma série de pesquisas e especulações.


PARCERIA: Autora Carol Dias

10 agosto 2016


Olá Pessoal,

Hoje venho contar um pouco para vocês, da nova parceria celebrada no blog. Desta vez, com a autora Carol Dias, que gentilmente nos cedeu a obra "Clichê" para resenha. O livro conta uma típica história de amor, mas com acontecimentos divertidos, que promete nos fazer sorrir e refletir ao longo da obra. 

Eu sempre gostei muito de clichês, sendo assim estou morrendo de ansiedade para divulgar logo essa resenha, e contar o quão incrível é essa história. Mas enquanto isso não acontece, deixo abaixo algumas informações sobre a obra e a autora. 

Não deixem de adicionar o livro ao skoob!


A OBRA



Sinopse: Marina Duarte está no vermelho. Dona de dupla graduação nas melhores faculdades públicas do Rio de Janeiro, seu sonho de construir a vida nos States não está funcionando.Decidiu se mudar para ficar perto da tia, sua única família, mas a crise não está ajudando em nada sua carreira.Sem saber como pagar as contas do próximo mês, Marina aceita uma vaga de babá na mansão da família Manning. Ela só não podia imaginar que sua vida mudaria completamente, apenas por conhecer duas crianças e um chefe viúvo e gato, maravilhoso, cheiroso e gostoso , que precisa urgentemente de sua ajuda.


RESENHA: O Ar Que Ele Respira

09 agosto 2016


Título: O Ar Que Ele Respira - Série Elementos #1
Autora: Brittainy C. Cherry
Páginas: 308
Editora: Record
Nota: 5/5
Sinopse: Como superar a dor de uma perda irreparável? Elizabeth está tentando seguir em frente. Depois da morte do marido e de ter passado um ano na casa da mãe, ela decide voltar a seu antigo lar e enfrentar as lembranças de seu casamento feliz com Steven. Porém, ao retornar à pequena Meadows Creek, ela se depara com um novo vizinho, Tristan Cole. Grosseiro, solitário, o olhar sempre agressivo e triste, ele parece fugir do passado. Mas Elizabeth logo descobre que, por trás do ser intratável, há um homem devastado pela morte das pessoas que mais amava. Elizabeth tenta se aproximar dele, mas Tristan tenta de todas as formas impedir que ela entre em sua vida. Em seu coração despedaçado parece não haver espaço para um novo começo. Ou talvez sim.

Depois do sucesso de Sr. Daniels, Brittainy C. Cherry nos presenteia com mais um romance de tirar o fôlego, sendo este o primeiro volume de uma série denominada Elementos. Com uma sinopse eletrizante, já lhes asseguro que não há problema em derramar algumas lágrimas ao longo dessa leitura. Acontece que a autora nos faz rir e chorar, com o seu dom de falar sobre um dos medos mais constantes do ser humano: a perda.  

O Ar Que Ele Respira nos apresenta a história de Elisabeth que recentemente perdeu o marido e ainda não sabe como lidar com isso, além de ter uma filha menor para cuidar. Após passar um ano na casa da mãe para recuperar suas forças, ela resolve que está na hora de voltar para a sua antiga casa e reconstruir sua vida ao lado de sua filha. 


SORTEIO: 2º Aniversário do Coleções Literárias

08 agosto 2016



Olá pessoal!

Hoje o post é mega especial. Dia 29 de setembro o blog parceiro Coleções Literárias fará 2 anos e é claro que não deixaremos essa data passar em branco não é mesmo?

Resolvemos comemorar essa data maravilhosa presenteando vocês, isso não é incrível? Então o que estão esperando? Participem e Boa sorte a todos.

 5 kits, 15 Livros5 Ganhadores...
Se liguem nas regras.

Sorteio: Inicio|07/08/16| Término |07/10/16|

Regras 


- Cumprir todas as regras obrigatórias.
- Ter endereço de entrega em território nacional.
- Onde está visitar na opção do facebook, você deve curtir a página.


RESENHA: Oposição (Série Stellium #1)


Título: Oposição (Série Stellium #1)
Autora: Thaísa Lixa
Páginas:  526
Editora: Chiado Editora 
Nota: 4.5/5
Sinopse: Em uma dimensão chamada Constelação, são os supremos Deuses do Inferno que controlam e ditam as regras da sociedade, amedrontando os humanos e os deixando dóceis perante seus poderes nessa e em todas as outras dimensões que existem pelo o universo. Entretanto, por conta de uma traição, o Deus principal e líder, Ahriman, decretou uma lei que jamais poderia ser quebrada: Ele definiu que as diversidades genéticas não existiriam; o que faria a população ter uma aparência padronizada de olhos e cabelo castanho-escuros ou negros.E assim era, até o nascimento da jovem Lilith, uma menina de cabelo loiro e olhos azuis, acompanhada de uma beleza estonteante e que atraía olhares de todos à sua volta, por sua singularidade e magnetismo pessoal. Tratada desde perfeição até aberração pelas pessoas de seu mundo, Lilith tenta sobreviver em meio a tanta gente intolerante. De uma coisa ela não tinha dúvida: havia sido amaldiçoada. Só mesmo este fato explicaria o motivo de ter nascido com a aparência proibida e de ter macabros pesadelos todas as vezes que dormia.Lilith pensava isso consigo mesma, não tendo a real dimensão do quanto suas suposições eram verdadeiras.

O livro narra a história de Lilith, uma menina de olhos azuis e cabelos dourados como o Sol, amaldiçoada por ter uma aparência singular e proibida pelos Deuses do Inferno, aqueles que controlam o mundo em que ela vive: Constelação.

Reza a lenda que, há muitos milênios, Beherit governava os planos inferiores com suas mãos de ferro e coração gélido. (...)Beherit tomara a decisão certa: iria se dividir em várias almas.(...)O primeiro a tomar forma humana foi Ahriman, o líder dos cinco Deuses e Supremo Senhor do Inferno.(...)A segunda foi Satria, a Deusa dos Prazeres da Luxúria.O terceiro foi Gunab, o Deus da ira e da Virilidade. O quarto foi Thymr, o Deus da Avareza e da Pobreza . E o quinto, o menos poderoso de todos, por ter sido o último a nascer, foi Lothur, o Deus da Inveja e da Intriga.
Primeiramente, somos apresentados à lenda da origem dos Deuses e o porquê da proibição acerca da aparência de Lilith. Em seguida acompanhamos o cotidiano da protagonista ainda na infância, em Constelação, um mundo tão regido pelos 12 signos do Zodíaco que seus países tem os seus nomes e as crianças aprendem desde cedo na escola sobre Astrologia.



NA TELA: Série Outcast

04 agosto 2016


Título: Outcast
Ano: 2016
Criador:Paulo Kirkamana
Produção: Pavlina Hatoupis
Elenco: Patrick Fugit,Philip Glenister e outros.
Nota: 4/5


Olá Pessoal,

O post de hoje é sobre uma série, que está sendo exibida atualmente pela Cinemax e também pela Fox. E por ser baseada nos quadrinhos do mesmo criador da série The Walking Dead, me deixou super animada para saber mais a respeito. Sendo assim, eu resolvi assistir alguns episódios e contar um pouco para vocês do que se trata.

Outcast estreou nos Estados Unidos, em 3 de junho de 2016, mas antes mesmo do seu lançamento, ela foi renovada para uma segunda temporada, em março do mesmo ano. A primeira temporada é composta de 10 episódios, que prometem impactar os fãs do gênero de terror. 

"Pôster da HQ em comparação com o pôster da série"

RESENHA: O Adulto

03 agosto 2016


Título: O Adulto
Autora: Gillian Flynn
Páginas: 64
Editora: Intrínseca 
Nota: 5/5 

Sinopse: Uma jovem ganha a vida praticando pequenas fraudes. Seu principal talento é a capacidade de dizer às pessoas exatamente o que elas querem ouvir, e sua mais recente ocupação consiste em se passar por vidente, oferecendo o serviço de leitura de aura para donas de casa ricas e tristes. Certo dia, ela atende Susan Burkes, que se mudou há pouco tempo para a cidade com o marido, o filho pequeno e o enteado adolescente. Experiente observadora do comportamento humano, a falsa sensitiva logo enxerga em Susan uma mulher desesperada por injetar um pouco de emoção em sua vida monótona e planeja tirar vantagem da situação. No entanto, quando visita a impressionante mansão dos Burke, que Susan acredita ser a causa de seus problemas, e se depara com acontecimentos aterrorizantes, a jovem se convence de que há algo tenebroso à espreita. Agora, ela precisa descobrir onde o mal se esconde, e como escapar dele. Se é que há alguma chance. Em seu estilo inconfundível que arrebatou milhares de fãs, Gillian Flynn traça surpreendentes e intrigantes perfis psicológicos dos personagens e tece uma narrativa repleta de suspense ao mesmo tempo em que brinca com elementos clássicos do sobrenatural.

Gillian Flynn conquistou a todos com "A Garota Exemplar". Chocou muitos leitores com "Objetos Cortantes". E aguçou a mente das pessoas com "Lugares Escuros". Desta vez ela nos presenteia com um conto de terror, a pedido de George R. R. Martin. E este não diferente dos outros, sabe surpreender.

O Adulto nos apresenta a história de uma jovem, que nunca levou uma vida muito estável ou honesta. Pedindo esmolas com a mãe desde da infância, seu emprego atual consegue ser um pouco melhor: ela é uma vidente. Unindo a teoria de aura com a tabela de cores, a mesma vai engando as donas de casas ricas que estão sempre em busca de alguma previsão do futuro.


RESENHA: A Rebelde do Deserto

02 agosto 2016


Título: A Rebelde do Deserto #1
Autora: Alwyn Hamilton
Páginas: 280
Editora: Seguinte
Estrelas: 5/5


Sinopse: O deserto de Miraji é governado por mortais, mas criaturas míticas rondam as áreas mais selvagens e remotas, e há boatos de que, em algum lugar, os djinnis ainda praticam magia. De toda maneira, para os humanos o deserto é um lugar impiedoso, principalmente se você é pobre, órfão ou mulher. Amani Al’Hiza é as três coisas. Apesar de ser uma atiradora talentosa, dona de uma mira perfeita, ela não consegue escapar da Vila da Poeira, uma cidadezinha isolada que lhe oferece como futuro um casamento forçado e a vida submissa que virá depois dele. Para Amani, ir embora dali é mais do que um desejo — é uma necessidade. Mas ela nunca imaginou que fugiria galopando num cavalo mágico com o exército do sultão na sua cola, nem que um forasteiro misterioso seria responsável por revelar a ela o deserto que ela achava que conhecia e uma força que ela nem imaginava possuir.


A resenha de hoje se trata de um livro que me conquistou muito, não só pela capa que é estonteante como também pela premissa intrigante, que sabe atiçar a curiosidade dos fãs de fantasia de plantão. Apesar de uma longa espera para receber o meu exemplar, enfim consegui colocar as mãos nessa preciosidade e só preciso dizer que valeu cada segundo de ansiedade.

A Rebelde do Deserto nos apresenta como protagonista a jovem Amani Al’Hiza, uma garota que perdeu a mãe por essa ter matado o pai, e sendo assim foi obrigada a viver com o seu tio e suas sete esposas que não são nada simpáticas. Dentre elas a Farrah que é tia da Amani, faz de tudo para menosprezar a moça, pois tem vergonha da irmã ter sido morta como uma criminosa, embora o pai da Amani fosse alcoólatra e agressivo. A vida da garota nunca foi lá um mar de maravilhas e por isso desde cedo a jovem aprendeu a atirar em garrafas vazias no deserto de Miraji (país onde eles vivem). Nos tiros ela sempre tentava encontrar um refúgio, ao mesmo tempo em que armas não eram difíceis de serem adquiridas, já que a cidade possuía uma fábrica delas que forneciam os armamentos para o Sultão Oman.