31 janeiro 2017

RESENHA: A Herdeira - Os Lobos de Ester #1

Título: A Herdeira - Os Logos de Ester #1
Autora: Janice Ghisleri
Páginas: 264
Editora: Planeta Literário
Nota: 5/5
Sinopse: Eles eram milenares, míticos e poderosos, mas foram capturados e tratados como cobaias. Com a ajuda de um cientista foram libertados, e agora lutam para resgatar os últimos lobos e começar uma vida nova. Noah era o alfa. Apesar de belo e feroz, carregava profundas cicatrizes em seu coração. Por isso, estar perto de Ester era a última coisa que ele podia enfrentar, mas seu beta, Erick, pensava o contrário. Tudo estava indo bem para Ester. Ela tinha uma nova casa, além de uma clínica veterinária, e um admirador secreto que lhe enviava flores e presentes, até ela atender um chamado para ajudar um animal ferido. E assim, Ester entrou em um mundo paralelo, onde havia homens altos, fortes, sensuais e com olhos exóticos que jamais havia visto na vida. Após o choque de descobrir a verdade sobre seu pai, Ester soube que não era uma herdeira normal quando o conteúdo do seu testamento foi revelado. Um deles era um companheiro, e isso teria uma consequência imensa para a sua vida. Porém, nem imagina o que acontecerá quando descobrirem sua verdadeira identidade. Embarque nessa aventura e descubra qual o mistério que uniu a herdeira aos lobos.
Avaliação:

Há um tempo eu já estava querendo iniciar a leitura desse livro, primeiramente porque eu adoro histórias que envolvam lobos e segundo porque li resenhas tão positivas sobre essa obra, que estava ficando impossível não morrer de curiosidade. Eis que acabei assinando o Kindle Unlimited e a primeira coisa que fiz foi adicionar esse livro à minha biblioteca. Comecei a leitura com as expectativas bem altas, que felizmente foram todas supridas e por isso já adianto que se você é um amante de histórias de fantasia e aprecia um romance bem quente, irá se deliciar a cada página.

Em "A Herdeira" conhecemos Ester, uma jovem veterinária que acabou de montar sua clínica e conseguir se estabilizar profissionalmente. Sua vida começa a tomar rumos estranhos, quando um certo dia ela recebe uma ligação de um homem dizendo que há um animal ferido e que precisa que ela venha atendê-lo em casa. Sem relutar, Ester vai até o local, que acaba se apresentando como uma enorme mansão, próxima à um bosque imenso e totalmente escondida da civilização.

Ao chegar no local, Ester que logo é recebida por uma Senhora chamada Dada, é levada até o quarto onde se encontra o animal, que para sua surpresa trata-se de um lobo enorme, muito maior do que os tamanhões padrões. Assustada Ester teme se aproximar, mas ao perceber que o lobo é manso, acaba lhe dando os cuidados necessários. O mais estranho no entanto, é que o lobo tem um quarto e uma cama só para ele, além de ser tratado como se fosse realmente uma pessoa, algo que a deixa bem intrigada.


Quando está pronta para ir embora, Ester se surpreende ao conhecer Erick, um homem alto e deslumbrante, que diz precisar falar a respeito do pai dela. Curiosa, ela acaba ouvindo o que ele tem a dizer e se surpreende ao saber que seu pai não havia falecido há muitos anos, como ela tinha pensado. Pelo contrário, vivia naquela mansão e cuidava de todos os garotos. 

25 janeiro 2017

RESENHA: Uma Chance Para Recomeçar

Título: Uma Chance Para Recomeçar
Autora: Diana Scarpine
Páginas:423
Editora: Pandorga
Nota: 5/5
Livro: Cortesia da autora
Sinopse: Carina é uma workaholic rica e bem-sucedida cuja vida se resume ao trabalho. Afogada em estresse, ela não se importa com a solidão que habita seu coração, pois o amor nunca foi uma das suas prioridades, até que algo inusitado acontece. Repentinamente, ela se vê privada do trabalho e deseja aplacar a solidão que a consome, principalmente quando conhece Aurélio, que a trata de uma forma diferente da qual ela está acostumada. Consumido pela tragédia que vitimou sua família e deixou-lhe sequelas físicas e emocionais, Aurélio não quer nada além de se afundar cada vez mais na dor e na culpa que sente. Suas certezas começam a ficar abaladas à medida que Carina se aproxima cada vez mais dele. Quantos obstáculos precisam ser vencidos para recomeçar? O amor é capaz de vencer as amarras do passado e o preconceito?Logo que iniciei a leitura desse livro, temia a carga emocional que iria encontrar, já que a sinopse por si só, nos faz pensar em um romance complicado e cheio de emoções. Eis que é exatamente isso que você vai encontrar neste enredo, mas há uma certa calmaria que segue essa história, tornando impossível se desgrudar das páginas e nos fazendo ansiar cada vez mais pelo próximo capítulo. 
Avaliação:

Em "Uma Chance Para Recomeçar" conhecemos a história de Carina, uma jovem de beleza mediana, que não se importa tanto com a sua aparência, já que possui uma inteligência acima da média e passa todo o seu tempo imersa em trabalho. Carina comanda uma rede de supermercados da família e por isso quase sempre vive sob muito estresse, assim ela resolve tirar férias, mas uma surpresa desagradável acaba frustrando os seus planos de relaxar. 

Em uma manhã, Carina acorda com o rosto parcialmente deformado. O motivo? Uma paralisia facial, que acaba tornando dificultoso para ela comer, falar e até mesmo se apresentar perante as pessoas. Temendo ficar com o rosto deformado para sempre, ela volta para casa e logo que se consulta com o médico, descobre que precisará fazer fisioterapia e claro, diminuir a carga de estresse, um dos principais motivos para a paralisia facial. 


Sem muitas alternativas, Carina tira uma licença do trabalho e começa a fazer suas sessões na clínica. A medida que os dias passam, ela resolve fazer também uma sessão de massagem, temendo ficar muito estressada. Ela logo marca um horário  e acaba se surpreendendo ao conhecer Aurélio, um massoterapeuta que teve 50% do corpo queimado e que também é cego. 

24 janeiro 2017

RESENHA: Deus do Rock - Trilogia Deuses #1

Título: Deus do Rock - Trilogia Deuses #1
Autora: Gisele Souza
Páginas: 350
Editora: Independente
Nota: 4/5
Sinopse: Com uma vida cercada de privilégios, riqueza e poder, Apolo, o filho prodígio de Zeus, é um homem determinado e acostumado a ter tudo que deseja. O poderoso deus do sol tornou-se também o deus do rock. Sua herança seria o trono do Olimpo e foi nisso que regeu sua vida, sempre à disposição, esperando, aprendendo, obedecendo. Contudo, o destino ainda o colocaria à prova, talvez a doce Angélica fosse apenas um teste de força, uma tentação que ele precisava resistir. Só que, ao ver os olhos daquela menina tímida, perdida nos bastidores do show business, ele já havia perdido a batalha.Agora restava apenas vencer a guerra para viver seu grande amor. As garras afiadas das Moiras não lhe dariam trégua, um mal precisava ser feito para o bem vencer. Alianças serão travadas, amizades destruídas, a confiança será quebrada... Uma união de corpo e alma que acarretará num conflito entre deuses e mortais, um jogo de poder que poderá custar muito mais que a imortalidade.

Avaliação: 

Como sempre digo aqui no blog, sou apreciadora de mitologias e principalmente da grega, pois foi com esta que tive o primeiro contato com vários seres incríveis e por isso sempre que tenho oportunidade, embarco em livros do gênero. Desta vez, temos um romance com o Deus Apolo e como gosto muito dessa figura em especial, resolvi ler a obra da autora Gisele Souza e trazer minhas impressões para vocês.

No livro, os Deuses vivem em nosso mundo atual em formas diferentes, já que poucas pessoas ainda acreditavam neles. Sendo assim, cada um pegou para si um 'ramo' que lhe interessasse, sendo o do Apolo justamente a música. E é por meio dela, que ele conhece Angélica, ainda bem jovem e que após perder os pais - que eram músicos - começa a viver com o Tio, que acabou se mostrando uma ameaça e por isso a garota fugiu com o irmão mais velho, Guilherme.

A medida que Apolo espiava a vida da garota, acabou descobrindo que o irmão dela montou uma banda e anos depois, já crescida, Angélica é uma mulher linda e decidida e também ajudante da banda. Querendo conhecer logo a garota que admira, Apolo desce para a Terra e resolve participar da seleção para ser vocalista da banda e também de quebra se aproximar de Angélica.


Sendo o Deus da música, ele logo consegue o cargo e não perde tempo ao tentar falar com Angélica, que se mostra bem curiosa pelo rapaz. A medida que os dois vão se conhecendo, Apolo se aproxima cada vez mais da garota, além da forte tensão sexual entre os dois. O problema todo, é que Apolo sendo um Deus, deve seguir as ordens de Zeus que não permite que os deuses vivam entre os mortais. Sendo assim, ele não pode usar nenhum poder, para que o pai dele não o descubra. 

23 janeiro 2017

RESENHA: A Queda da Casa de Usher

Título: A Queda da Casa de Usher
Autor: Edgar Allan Poe
Páginas: 72
Editora: FarolHQ
Nota: 5/5
Sinopse: BEM-VINDO À CASA DE USHER! A mansão gótica está em ruínas e aos poucos afunda no pântano sob ela. Seus moradores estão doentes e deslizando para o mundo da loucura. E se você ouvir com atenção, poderá escutar o som da hera subindo pelas paredes, o vento sussurrando seu nome e as árvores estalando quando esticam seus galhos para recebê-lo. Por favor, tente aproveitar sua estada...
Avaliação:

A resenha de hoje, trata-se de um conto do renomado autor Edgar Allan Poe. Recentemente, resolvi participar do projeto literário "12 Meses de Poe" e no cronograma de leitura, este foi o conto escolhido para janeiro, juntamente com o poema "O Palácio Assombrado". O projeto começou em 2016 e teve um sucesso tão grande, que os criadores (as) resolveram fazer novamente, com algumas sutis mudanças, dentre elas a leitura de um conto e um poema a cada mês. Para quem quiser participar do projeto, ainda dá tempo. É só entrar no grupo do facebook, lá vocês encontram o cronograma completo, discussões e também os arquivos para serem lidos. Vamos à resenha!

Em "A Queda da Casa de Usher" somos apresentados a um conto de horror, com mistério e morte. Conhecemos a história, pelo narrador Montresor, que foi convidado pelo amigo Roderick Usher para visitar sua residência, já que o mesmo acredita estar sofrendo de uma grave doença e decerto seus últimos dias estão próximos.  Ao chegar no local, é impossível não ficar arrepiado com as condições em que se encontra a casa: deteriorada e esquecida no tempo


Roderick também possui uma irmã, Lady Madeleine que sofre de uma doença de família, chamada catalepsia. Trata-se de um distúrbio, onde a pessoa não consegue movimentar seus membros, embora todos os órgãos funcionem perfeitamente. Os ataques podem durar alguns minutos, horas ou até mesmo dias, o que muitas vezes levam as pessoas a serem enterradas vivas. O enfermo, vê e ouve tudo ao seu redor, mas não consegue se movimentar e nem mesmo falar durante o episódio. 

RESENHA: A Profecia do Paladino

Título: A Profecia do Paladino
Autor: Mark Frost
Páginas: 420
Editora: Galera Record
Nota: 3/5
Sinopse: Um misterioso thriller do roteirista de Quarteto Fantástico e co-criador da série Twin Peaks. Will West faz de tudo para não chamar a atenção. A pedido dos pais, ele se esforça para tirar notas medíocres e não se destacar. Mas quando sua escola o obriga a fazer uma prova de desempenho geral, ele acaba se esquecendo de errar algumas respostas. Seu resultado espetacular atrai o interesse de uma das escolas particulares mais exclusivas do país, que o procura para oferecer uma bolsa de estudos. No entanto, assim que recebe essa oferta, começa a ser seguido por homens misteriosos e sedãs pretos. Ao tentar escapar de perseguidores, seus pais desaparecem e Will acaba se matriculando às pressas no misterioso colégio. Chegando à sua nova escola, ele percebe possuir talentos físicos e mentais que beiram o impossível e descobre que suas habilidades estão conectadas a uma batalha milenar entre forças épicas.
Avaliação:

Com uma sinopse bem intrigante, "A Profecia do Paladino" chegou nas minhas mãos com altas expectativas, já que Mark Frost (conhecido principalmente no mundo do cinema), é uma figura que eu já admirava há um tempo e logo quando vi esta obra, pensei: por que não dar uma chance? Eis que as surpresas que tive, foram diversas. Se em dado momento achei o livro um divertido clichê, em outro fiquei um pouco decepcionada com a história. Mas não se precipitem, esse livro ainda tem um grande potencial e eu vou explicar o porque.

Conhecemos a história de Will West, um jovem de 15 anos, que atualmente mora com os pais em Ojai (Sul da Califórnia), mas a verdade mesmo é que os três vivem se mudando , já que o pai de Will é um cientista. Logo no primeiro capítulo, temos uma boa dose de ação, já que Will, enquanto treinava cross-country, acaba precisando fugir de estranhos homens que o seguem em um sedã preto. O mais estranho, no entanto, é que ao chegar finalmente na escola, uma mulher que se apresenta como Dra. Lilian Robbins o espera para recruta-lo ao Centro, escola para jovens excepcionais.


Will havia tirado uma nota excelente em uma das provas na escola, por isso acabou sendo selecionado para o Centro. O problema todo é que os pais de Will, sempre pediram para ele não se destacar muito, tirar notas medianas, justamente para não chamar atenção para si (algo que ele nunca compreendeu). Temendo pela sua segurança, já que logo após ter sido seguido, recebeu essa proposta. Will fica com um pé atrás com todo esses acontecimentos. Mas sem alternativas, acaba indo para o Centro e resolvendo viver de acordo com a "Lista de Regras do Papai de Como Viver", uma espécie de manual criado pelo pai dele, que é super divertido e eu juro que fiquei com vontade de seguir todas (risos).

17 janeiro 2017

RESENHA: Mulheres Que Não Sabem Chorar

Título: Mulheres Que Não Sabem Chorar
Autora: Lilian Farias
Páginas: 205
Editora: Giz Editorial
Nota: 5/5
Livro: Cortesia da autora
Sinopse:A vida de Marisa é regida pelo controle. Seja à frente do seu trabalho ou da vida dos filhos, ela é racional, mantendo-se sempre fria, um ser à parte das banalidades, cuja única preocupação é ser um exemplo. Olga é sua antítese. Sentimentos à flor da pele, dor flagelando a carne, pensamentos embaçados pelo esquecimento proporcionado pelo álcool. Sozinha, preocupa-se em apenas ser, em um mundo cercado por fatos que não reconhece mais como seus. Enquanto isso, Ana e Verônica esbarram com o acaso.Duas senhoras solitárias, vizinhas e antagônicas. Será que um dia alguém acharia que poderiam viver em paz? Mais ainda, será que poderiam se apaixonar? Duas jovens livres e independentes. O que as impede de ficar juntas? Mulheres que não sabem chorar é mais que uma história de amor entre iguais. Junto a estas personagens tão humanas, o leitor vê-se despido dos preconceitos, pudores e medos. Ora crua, ora poética, a trama nos obriga a enfrentar o espelho e se ver como nunca imaginou antes. Pois ao mergulhar neste romance, o que fará você pensar não é a forma como vê o amor, mas sim a forma com que ele se volta em sua direção. Esteja preparado.
Avaliação:



Antes de explanar qualquer opinião sobre essa obra convido você leitor (você mesmo que está começando a ler esta resenha) a ler este livro e tirar sua próprias impressões dele. Claro que a resenha te ajudará em decidir se esta obra estará na sua lista de livros para 2017, mas o convido a ler antes mesmo de saber a minha singela opinião sobre ele. Você não se arrependerá, por que para mim é uma das obras mais tocantes que já li.


Então sem mais delongas, vamos ao que interessa, risos. "Mulheres Que Não Sabem Chorar" (e que, como podemos ver ao longo da história, aprenderam, cada uma a seu modo a chorar) narra a vida de mulheres (não só as personagens principais, como as outras que passam por suas vidas), em especial Marisa, Ana e Olga, cada qual na complexidade da sua existência, suas personalidades únicas e cativantes cada uma à sua maneira.

Se me perguntarem de qual personagem gostei mais não saberei responder, por que cada uma delas abriga características com as quais todas as mulheres (creio eu) nos identificamos. Essa minha afirmação, em um primeiro momento, pode não ser compartilhada pelas pessoas que já leram esta obra ou que virão a ler, por que os traços, os modos que cada uma carrega dentro de si, podem não ser os que dominam a personalidade do leitor, mas com toda certeza em determinados momentos, você leitor e principalmente leitora, já agiu como Marisa, com sua racionalidade extrema, como Olga, nos momentos em que deixou totalmente o emocional te dominar e também como Ana, sendo rebelde contra o sistema, mas ao mesmo tempo escondendo o medo, de enfrentar o passado, de se abrir para uma liberdade da alma.


Marisa, 55 anos, mãe, mulher, controladora e racional. O trabalho com flores é sem dúvida uma contradição com os traços de sua personalidade que deixa transparecer para a sociedade, para seus filhos, porém a sensibilidade presente enquanto florista combina com a mulher que existe no fundo de sua alma, mas que ela manteve aprisionada por vários anos. Foi deixada pelos pais na casa da avó, com quem viveu até os 10 anos. Era posta de castigo sobre o milho e por essa razão guardou uma vingança oculta da mãe, a expondo perante a comunidade em que vivia, após essa ser pega em uma cena com o padre da Igreja local. Após a situação armada por Marisa, esta se sentia melhor a cada vez que olhava para a mãe e via nela uma tristeza. 

16 janeiro 2017

RESENHA: Harry Potter e a Pedra Filosofal

Título: Harry Potter e a Pedra Filosofal #1
Autora: J.K Rowling
Páginas: 223
Editora: Rocco
Nota: 5/5
Sinopse: A vida do menino Harry Potter não tem um pingo de magia. Ele vive com os tios e o primo, que não gostam nem um pouco dele. O quarto de Harry é, na verdade, um armário sob a escada, e ele nunca comemorou um aniversário sequer em onze anos.Até que, um dia, Harry recebe uma carta misteriosa, entregue por uma coruja: um convite para estudar num lugar incrível chamado Escola de Magia e Bruxaria Hogwarts. Lá ele vai encontrar não só amigos, esportes praticados em vassouras voadoras e magia para todo lado, como também seu destino, que espera por ele desde que nasceu... Se ele sobreviver a tudo que esta descobrindo, é claro.

Avaliação:

Hoje em dia, não há quem não conheça a história do bruxo mais famoso do século XXI, já que Harry Potter se tornou parte da vida de muitos leitores e ganhou tantos fãs pelo mundo, que é impossível não deixar de ama-lo também. Eu já havia lido essa série em minha adolescência, mas como nunca me canso dessa história resolvi participar do projeto literário "10MesesComHarryPotter"

Há um tempo eu queria fazer uma releitura dos livros e quando vi essa oportunidade, não deixei escapar e resolvi participar. Falando um pouco do projeto, que consiste basicamente em ler todos os livros do Harry Potter em 10 meses. No entanto, eu sei que a série em si, são somente 7 livros e é por isso que foram incluídos nessa lista: Harry Potter E A Criança Amaldiçoada, Quadribol Através dos Séculos e Contos de Beedle, o Bardo. Para quem quiser saber mais sobre o projeto, deixo aqui o link do grupo no Facebook, onde há maiores informações. Lembrando que ainda dá tempo de participar, então vamos à resenha!

Em "A Pedra Filosofal" somos apresentados ao início da vida de Harry Potter, onde logo após o "sumiço" de Voldemort - que ao matar Lillian e Tiago Potter, tentou também tirar a vida do filho deles, o que acabou não dando muito certo, o que retirou o bruxo da jogada - muitos bruxos comemoraram, enquanto Harry Potter ainda bebê, era levado para a casa do seus tios, na Rua dos Alfeneiros. 


Vivendo com Petúnia, Valter e seu primo Duda. Harry não fazia ideia de quais eram suas verdadeiras origens, precisando lidar com o bullying e o desprezo daqueles que o criaram, já que Petúnia nutria um sentimento de ódio pela irmã. Embora viva uma vida comum, Harry nunca conseguiu ser totalmente 'normal'. Coisas estranhas e inexplicáveis sempre aconteceram com a ele e, certo dia, várias cartas começam a chegar em sua casa, endereçadas justamente a ele.

11 janeiro 2017

LANÇAMENTO: Pilares Eternos - Contos Fantásticos "Inscrições Abertas"

"Até 30 de abril de 2017, a Andross Editora estará recebendo contos fantásticos para publicação no livro PILARES ETERNOS”

 


A Andross Editora está recebendo contos fantásticos para publicação no livro "Pilares Eternos - Contos fantásticos”, a ser lançado em outubro de 2017 no evento Livros em Pauta.


Qualquer pessoa pode participar. Basta acessar o site www.andross.com.br, ler o regulamento de participação e submeter seu texto à avaliação. As inscrições vão até 30 de abril de 2017.

Todos os autores que forem aprovados para publicação nessa coletânea automaticamente concorrerão ao STRIX, prêmio criado e concedido pela Andross Editora aos autores cujos textos mais se destacarem em suas coletâneas. O processo de votação encontra-se no site do prêmio.


RESENHA: Seduzida Por Um Guerreiro Escocês

Título: Seduzida Por Um Guerreiro Escocês
Autora: Maya Banks
Páginas: 414
Editora: Universo dos Livros
Nota: 5/5
Sinopse: Eveline Armstrong é imensamente amada e protegida por seu clã, mas as pessoas a consideram diferente, pois apesar de ser linda e encantadora, a moça sofreu um acidente que lhe causou sequelas não só psicológicas, mas também físicas, visto que ela ficou surda. Satisfeita com sua vida reclusa, ela aprendeu a ler lábios e permitiu que o mundo a enxergasse como uma tola. Contudo, quando um casamento arranjado a torna esposa de Graeme Montgomery, integrante de um clã rival, Eveline aceita seu destino - despreparada para os deleites que viriam. Enredado pelos mistérios de Eveline, cujos lábios silenciosos são cheios de tentação, Graeme vê seu casamento ameaçado devido às rivalidades entre clãs e agora deverá enfrentar inúmeras adversidades para salvar a mulher que lhe despertou tanto amor.
Avaliação:


Com várias obras sendo publicadas no Brasil, Maya Banks tem conquistado muitos leitores, principalmente aqueles que se interessam pelo gênero hot. Inovando, mas não perdendo a identidade de suas obras, a autora nos presenteia com uma nova série ambientada da Escócia, onde dois clãs rivais vão se ver ligados de uma forma inusitada e encantadora. 

O livro se inicia com dois clãs rivais vivenciando uma difícil notícia: ambos devem selar um acordo de paz através do casamento da filha dos Armstrongs, com o larid (senhor feudal) dos Montgomery. A decisão não agrada nenhuma das famílias, que a tempos possuem uma rixa onde ancestrais foram mortos, o que deixou uma grande sede de vingança dos dois lados. Mas temendo virarem inimigos da coroa, acabam cedendo e resolvendo celebrar o casamento.


Eveline é a jovem prometida em casamento e por mais que ela relute com a união, acaba tentando ver o lado positivo da situação. No entanto, Eveline sofreu um acidente quando mais jovem e por isso ela perdeu totalmente a audição e consequentemente ela também não fala. Devido a essas sequelas, várias pessoas do clã Armstrong acreditam que ela seja louca e a mesma deixou que eles pensassem assim, pois com a loucura fez com que um antigo arranjo de casamento fosse desfeito, e sendo assim Eveline viu na sua deficiência uma fuga contra uma terrível união. 

09 janeiro 2017

RESENHA: O Boticário

Título: O Boticário
Autora: Maile Meloy
Páginas: 368
Editora: Bertrand Brasil
Nota: 5/5
Sinopse: Um remédio para tratar da saudade leva dois jovens a uma aventura em plena Guerra Fria. O ano é 1952, e a família Scott muda inesperadamente de Los Angeles para Londres. Janie Scott se sente desconfortável na nova escola, até que o boticário local lhe promete um remédio para tratar a saudade de casa. Mas a verdadeira cura só acontece quando conhece o filho do boticário, Benjamin, um menino curiosamente desafiante que sonha se tornar um espião. O pai de Benjamin, no entanto, não é um boticário comum, e, quando ele é sequestrado, cabe a Benjamin e Janie cuidar de seu livro sagrado, a Farmacopeia, pois espiões russos não veem a hora de colocar as mãos nele. Que segredos o livro contém? Descobrindo elixires transformadores que nunca imaginariam existir, Janie e Benjamin embarcam numa perigosa missão para salvar o boticário e evitar uma iminente catástrofe nuclear.
Avaliação:

Alguns livros simplesmente nos conquistam, desde da primeira a última palavra. E foi exatamente assim, que aconteceu com esse livro da Maile Meloy. Já havia lido algumas resenhas da história e ao saber da ambientação, em Londres e justamente no auge da Guerra Fria. Eu sabia que precisava adquirir esse livro e não tardei a fazer, ficando muito satisfeita com o enredo maravilhoso que encontrei essas páginas.

Em "O Boticário" conhecemos Janie Scott, ela vivia com os pais na Califórnia até que por uma suspeita dos pais serem comunistas, o que não era aceito no território americano, ela se vê obrigada a mudar para a fria Londres, onde seus pais pretendem recomeçar. Entretanto, o que era para ser uma aventura, acaba se tornando uma adaptação muito difícil para Janie, que pouco entende dos costumes ingleses e se sente cada vez mais deslocada.


Um certo dia, Janie vai até o Boticário da rua com os pais e ao conhecer o dono, recebe de presente um remédio para "curar a saudade". Mesmo não acreditando nisso, Janie fica feliz por alguém tentar lhe trazer um pouco de conforto. No dia seguinte, para surpresa de Janie, ela acaba conhecendo Benjamin, o inteligente e carismático filho do Boticário. Ela se sente empolgada e muito animada com o rapaz, que além de lindo também se mostra ávido por aventuras. 

05 janeiro 2017

PARCERIA: Gisele Souza


Olá Pessoal,

Hoje venho anunciar mais uma parceria do blog, celebrada no ano passado (2016). A autora da vez, é a Gisele Souza, que possui várias obras publicadas, a mais recente é o livro "Deus do Submundo" da trilogia Deuses e que vêm conquistando vários leitores pelo Brasil.

Eu conheci o trabalho da Gisele através da Amazon Brasil e desde então não consigo me desgrudar das histórias da autora. Felizmente ela selecionou alguns blogs parceiros, o que acabou dando essa oportunidade ao Cá Entre Nós de contribuir com a divulgação e crescimento dessa autora que já é muito querida por nós.

Abaixo constam informações sobre a autora e os seus livros. Não deixem de adicionar as obras ao skoob e também de curtir a fã page da Gisele. Em breve teremos várias novidades por aqui e também as resenhas dos livros.

Obras Publicadas

Deus do Submundo - Trilogia Deuses #2

Sinopse: Desde o início dos tempos, deuses e imortais foram presenteados com poderes capazes de incitar guerras e vencer os fios do destino. Três irmãos foram fadados aos maiores poderes que a humanidade já havia visto. Seriam seres divinos e indestrutíveis se não fosse a ganância pelo poder. Com a alma marcada pelo sangue dos condenados, Hades, o deus do submundo, viveu sua vida cercado de escuridão e maldade. Traído por seu irmão, que lhe tirou tudo, até mesmo a única mulher que amou, o príncipe das trevas jurou vingança e a buscou a qualquer custo. Capaz de fazer o que precisasse, a cada ato de maldade ele manchava ainda mais sua alma para alcançar seu objetivo de destruir Zeus. Cego pelo orgulho, aguardava a chegada de sua mulher que estava a caminho do inferno para libertá-lo. Só que Hades era um homem muito rancoroso para aceitá-la de volta. Com a ameaça de Cronos pairando sobre suas cabeças, Hades precisará juntar forças para destruir qualquer um que se interpuser em seu caminho. O segundo livro da trilogia trará uma história de poder, força, amores, mágoas e muita mitologia grega.

03 janeiro 2017

RESENHA: Do Silêncio A Condenação

Título: Do Silêncio A Condenação - O Círculo dos Imortais #2
Autora: Ananda V.
Páginas: 520
Editora: Arwen
Nota: 4/5

Sinopse: Melissa tinha sobrevivido. Após a descoberta de ser o alvo de uma busca feroz que já atravessava gerações, ela se vê submersa em um ruidoso silêncio, o que não cessará a sua luta por sobrevivência.As criaturas que pertencem à Noite assistiram ao seu majestoso despertar, e agora a desejam com ainda mais paixão. Além do perigo iminente, a jornada de Melissa se tornaria cada vez mais obscura, sendo seu maior inimigo ela mesma.A prova empírica da existência do mal havia transformado seu mundo e a si mesma da maneira mais cruel e irreparável possível. Entre o ódio e o amor, Melissa tem uma escolha a fazer.Mergulhar em si mesma pode ser perigoso, mas há certo charme em pertencer aos juramentos da noite, não?

Avaliação:

Apresentando uma continuação bem engajada e com novos personagens, além de um amadurecimento especial daqueles que já conhecemos. Do Silêncio A Condenação vem com uma proposta de nos imergir em trevas, ao mesmo tempo em que descobrimos uma história milenar muito intrigante. Valores importantes como amizade e aceitação também são expostos no livro, dando ao um enredo uma certa elegância e reflexão.

No primeiro volume "Do Éden Á Lúxuria" - resenha aqui - Melissa vivenciou muitos momentos estranhos, se apaixonou por William e descobriu que o sobrenatural estava mais próximo do que ela imaginava. Ao conseguir uma trégua do impiedoso Mikael, todo o clima de tensão parece diminuir na pacata Blaine. Temendo estar a mercê do mal mais uma vez, Melissa resolve começar a aprender se proteger, o que a leva a ter aulas de defesa com Liam e ao mesmo tempo ser vigiada vinte e quatro horas por William (Lester).

Indecisa sobre a própria vida, Melissa tenta aproveitar o último ano escolar. Tarefa que se mostra bem dificultosa, quando Mikael começa a visitar os seus sonhos, mostrando claramente que não desistiu do seu Cordeiro. Indecisa sobre sua verdadeira natureza e tentando se apegar cada vez mais ao seu lado humana, Melissa precisará ser forte e começar a tentar reunir pistas sobre si mesma e também sobre seus inimigos, que estão cada vez mais próximos.


A jovem também precisa lidar com a indecisão em seu relacionamento com Lester, já que ao mesmo tempo em que o afasta, ela deseja estar cada vez mais perto do mercenário. Em meio a tudo isso, figuras interessantes surgem na vida dela, a começar por Kale um jovem lutador, que provoca sentimentos estranhos em Melissa. Além disso, Daryl parece cada vez mais distante e conseguiu uma companhia estranha, deixando Melissa um pouco de lado e afastando cada vez mais a amizade dos dois. 

02 janeiro 2017

RESENHA: Jantar Secreto

Título: Jantar Secreto
Autor: Raphael Montes
Páginas: 376
Editora: Companhia das Letras
Nota: 5/5

Sinopse: Um grupo de jovens deixa uma pequena cidade no Paraná para viver no Rio de Janeiro. Eles alugam um apartamento em Copacabana e fazem o possível para pagar a faculdade e manter vivos seus sonhos de sucesso na capital fluminense. Mas o dinheiro está curto e o aluguel está vencido. Para sair do buraco e manter o apartamento, os amigos adotam uma estratégia heterodoxa: arrecadar fundos por meio de jantares secretos, divulgados pela internet para uma clientela exclusiva da elite carioca. No cardápio: carne humana. A partir daí, eles se envolvem numa espiral de crimes, descobrem uma rede de contrabando de corpos, matadouros clandestinos, grã-finos excêntricos e levam ao limite uma índole perversa que jamais imaginaram existir em cada um deles.
Avaliação:

Raphael Montes tem se tornado muito reconhecido na literatura brasileira, já que desde que lançou "Dias Perfeitos" traduzido para mais de 22 países, suas proezas na escrita foram evoluindo cada vez mais e eis que ao lançar "Jantar Secreto" em novembro de 2016, não consegui me conter e adquirir logo meu exemplar. As expectativas estavam altas, afinal a sinopse e o nome da obra, já eram bastante peculiar. E felizmente tive uma experiência muito estranha e positiva com esse livro, a qual vocês vão entender agora do que estou falando.

Jantar Secreto é narrado por Dante, que junto com os seus três amigos: Hugo, Miguel e Leitão, passam no vestibular no Rio de Janeiro e resolvem morar juntos na metrópole. Ambos vinham de uma cidade do interior e tinham o típico sonho de estudarem fora, para crescer profissionalmente. As oportunidades pareciam muito boas, já que de quebra conseguiram um apartamento grande e arejado. O aluguel seria dividido entre os quatro, bem como as demais despesas da casa, tudo parecia perfeito até que...


Após alguns anos se passarem, Dante, Hugo e Miguel estão formados, mas nenhum deles ficaram ricos. Dante tem dificuldade em encontrar emprego na área de administração e acaba indo trabalhar em uma livraria. Hugo formado em gastronomia, acaba vivendo de bicos de ajudante de cozinha. E Miguel, formado em Medicina, tem sobrevivido à residência em hospitais públicos, ficando extremamente cansado. Leitão acaba largando a faculdade logo nos primeiros anos e passa a maior parte do tempo no quarto, se empantufando de comida e jogando.