RESENHA: A Profecia do Paladino

23 janeiro 2017

Título: A Profecia do Paladino
Autor: Mark Frost
Páginas: 420
Editora: Galera Record
Nota: 3/5
Sinopse: Um misterioso thriller do roteirista de Quarteto Fantástico e co-criador da série Twin Peaks. Will West faz de tudo para não chamar a atenção. A pedido dos pais, ele se esforça para tirar notas medíocres e não se destacar. Mas quando sua escola o obriga a fazer uma prova de desempenho geral, ele acaba se esquecendo de errar algumas respostas. Seu resultado espetacular atrai o interesse de uma das escolas particulares mais exclusivas do país, que o procura para oferecer uma bolsa de estudos. No entanto, assim que recebe essa oferta, começa a ser seguido por homens misteriosos e sedãs pretos. Ao tentar escapar de perseguidores, seus pais desaparecem e Will acaba se matriculando às pressas no misterioso colégio. Chegando à sua nova escola, ele percebe possuir talentos físicos e mentais que beiram o impossível e descobre que suas habilidades estão conectadas a uma batalha milenar entre forças épicas.
Avaliação:

Com uma sinopse bem intrigante, "A Profecia do Paladino" chegou nas minhas mãos com altas expectativas, já que Mark Frost (conhecido principalmente no mundo do cinema), é uma figura que eu já admirava há um tempo e logo quando vi esta obra, pensei: por que não dar uma chance? Eis que as surpresas que tive, foram diversas. Se em dado momento achei o livro um divertido clichê, em outro fiquei um pouco decepcionada com a história. Mas não se precipitem, esse livro ainda tem um grande potencial e eu vou explicar o porque.

Conhecemos a história de Will West, um jovem de 15 anos, que atualmente mora com os pais em Ojai (Sul da Califórnia), mas a verdade mesmo é que os três vivem se mudando , já que o pai de Will é um cientista. Logo no primeiro capítulo, temos uma boa dose de ação, já que Will, enquanto treinava cross-country, acaba precisando fugir de estranhos homens que o seguem em um sedã preto. O mais estranho, no entanto, é que ao chegar finalmente na escola, uma mulher que se apresenta como Dra. Lilian Robbins o espera para recruta-lo ao Centro, escola para jovens excepcionais.


Will havia tirado uma nota excelente em uma das provas na escola, por isso acabou sendo selecionado para o Centro. O problema todo é que os pais de Will, sempre pediram para ele não se destacar muito, tirar notas medianas, justamente para não chamar atenção para si (algo que ele nunca compreendeu). Temendo pela sua segurança, já que logo após ter sido seguido, recebeu essa proposta. Will fica com um pé atrás com todo esses acontecimentos. Mas sem alternativas, acaba indo para o Centro e resolvendo viver de acordo com a "Lista de Regras do Papai de Como Viver", uma espécie de manual criado pelo pai dele, que é super divertido e eu juro que fiquei com vontade de seguir todas (risos).

"Quando tudo dá errado, encare a desgraça como um incentivo para despertar."

Ao chegar no Centro, Will vai se deparar com grandes desafios. Dentre eles novas amizades, a descoberta de alguns segredos  e também habilidades. Tudo isso, unindo-se a uma teia de acontecimentos que sabe envolver o leitor, levando-nos a ansiar pelo final e claro torcer fortemente pelo Will, já que nos sentimos exatamente como ele: experimentando tudo pela primeira vez. 


Os personagens da trama são bem carismáticos, com personalidades bem diversas que acabam nos deixando bem intrigados. A única personagem que não me agradou, foi a Brooke, que se mostrou totalmente incontrovérsia e um pouco sem sentido no decorrer da história. O final também peca, já que o enredo é permeado por acontecimentos e esperamos um grande baque no final, mas acaba não sendo nada muito surpreendente. O ponto alto no entanto, é a clara evolução dos 'estranhos' que acabam se tornando pessoas bem leais e muito divertidas. Fica no ar também, a expectativa de um romance, o que acaba não acontecendo. E confesso que isso não me incomodou tanto. 

“Não era o que acontecia a todos, mais cedo ou mais tarde, uma vez que tivessem sido obrigados a encarar a verdade, qualquer que fosse a forma sob a qual ela se disfarçasse? Nós nascemos. Nós morremos. Nesse meio-tempo fazemos o melhor que podemos com o que nos é dado e amamos as pessoas que nos são mais caras.”

A escrita do autor consegue ser muito fluída, o que faz as páginas passarem rapidamente pelos nossos olhos, com o enredo bem animado, acaba que o livro se assemelha à livros como Percy Jackson E Os Olimpianos, onde temos personagens divertidos e uma trama repleta de aventuras. O livro é um trabalho da Galera Record, que caprichou bastante nesta edição. A capa é bela e chamativa, a diagramação é simples mas adequada. Encontrei pouquíssimos erros ortográficos, nada que prejudicasse a leitura. Este é o primeiro volume de uma série, eu não sei ao certo quantos volumes serão, mas estou ansiosa para a próxima leitura.


A recomendação fica para aquelas pessoas que gostam de histórias com muita animação, com um enredo bem divertido (você vai dar boas risadas com esse livro) e ao mesmo tempo que nos faz refletir, sobre os princípios que regem a humanidade, nossas tradições e também o nosso futuro. Bem como aquela teia de mistérios, que nos deixam ávidos para saber mais. 

“- Porque ninguém está imune: a imperfeição faz parte da vida – declarou o homem. – Não é de ideias novas que esse mundo precisa. É de sabedoria antiga. Se desenvolver a sua visão, você enxergará um caminho para seguir adiante. Torne-se um guerreiro na luta entre as trevas e a luz.”

22 comentários:

  1. Olá
    Adorei poder conferir suas impressões a respeito desse livro, que para mim é muito bem desenvolvido, e fluído. E eu adorei todas as características apresentadas. Como já deu para perceber, eu também já fiz essa leitura e particularmente adorei a narrativa e os elementos inseridos. Foi uma boa surpresa e recomendo bastante a leitura, é muito envolvente e ainda mais divertido mesmo.
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Ola Vivi esse livro já está em minha lista de leitura,adorei saber que irá render boas risadas isso torna a leitura prazerosa, estou muito curiosa com essas regras e que segredo o pai esconde. Pretendo ler em breve.beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Vivianne!
    A premissa parece intrigante, mas com a sua resenha pude perceber que não é o meu estilo de livro. Acho que passei da fase de ler livros no estilo Percy ou HP. Esses não me atraem como há anos atrás. Uma pena, pois você disse que existem partes divertidas e adoro isso em livro.
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  4. Oie! Tudo bem? Acho que dessa vez passo a dica, amei a capa do livro, mas no momento que li a sinopse não me fechei com a história, e por mais que você faça uma boa indicação dele, vou esperar para uma próxima resenha sua para quem sabe eu me interessar!
    Bjss

    ResponderExcluir
  5. A capa do livro não me despertou muito interesse, mas o fato de você ter falado que o livro é animado e divertido, me faz querer ler agora mesmo!!!!
    Amei a dica.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi, que pena que o livro de certa forma te decepcionou, mas talvez não teve algo tão surpreendente por ser o primeiro livro da série, mas achei bacana essa evolução dos personagens durante o enredo e a boa construção de cada um, isso certamente é muito importante.

    ResponderExcluir
  7. Eu gosto de livros assim, cheios de aventuras e com boas doses de humor. Eu ainda não conhecia a série, (nuss, parece que tudo hj em dia virou série). Acho que esses livros acabam pecando quando deixam um final morno assim, ou em alguns outros casos incompletos, fazendo o leitor sofrer até o próximo volume. Pelas qualidades que vc enumerou, eu leria sim A profecia do Paladino.
    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
  8. Oiee
    Para começar, a capa já me chamou a atenção...
    Depois, a sinopse... Como eu nunca tinha ouvido falar desse livro?
    Senti um toque meio de Divergente no enredo do livro... Com a história de não poder se destacar, ter que viver meio que escondido quanto às habilidades...
    Espero que os próximos livros da série te empolguem ainda mais!
    Dica anotada e espero ler em breve...
    Um beijo!

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  9. Oi, Vivi

    Eu acho a capa desse livro muito bonita, mas infelizmente a história não me chama a atenção. O protagonista é novo demais e a trama tem algo que não me convence, sabe?
    Que bom que a história é fluida, mas nem isso me anima a ler... porém, nunca digo nunca.

    Beijo

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Conheço o nome do autor justamente por causa de Twin Peaks, e adoro o trabalho dele. Gostei muito do comparativo que você fez entre a obra e Percy Jackson, por isso acredito que irei gostar muito da história e não estarei esperando por um grande final, para não me decepcionar.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Olá, interessante saber que este livro se assemelha a Percy Jackson. Achei a premissa bem interessante e os personagens muito bem elaborados. tinha visto já a sinopse, mas sua resenha era o que faltava para iniciar a leitura, adorei mesmo, principalmente por já começar com ação.

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Acho que por se tratar do Mark Frost eu também colocaria muita expectativa em cima do livro e acabaria me decepcionando pelo que você disse. Apesar de tudo, é um livro que diverte né, por que não? (: a edição ficou bem caprichada mesmo!
    Beijos,

    Luana

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Que bom que a escrita do autor consegue ser muito fluída. E tem personagens divertidos. Adorei saber mais do livro e saber sua opinião sobre ele. A Capa está linda! Beijos'

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Gostei muito de ver a sua opinião sobre o livro em si. Por mais que os personagens pareçam bem elaborados, não me atraiu.

    ResponderExcluir
  15. Olá! Personagens carismáticos e com personalidades faz toda diferença. Que pena que o final não foi surpreendente. Que bom que a escrita do autor fluí bem. Galera Record custuma caprichar mesmo nas edições, amei a capa. Beijos'

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Li a premissa do livro e a sua resenha, porém não foi algo que me atraiu. E de certa forma, te decepcionou um pouco. O que não ajudou muito a fazer com que eu queira ler.

    ResponderExcluir
  17. Olá, eu realmente achei a sinopse do livro intrigante e depois de você expor seus motivos eu também concordo que ele tem potencial, mas eu irei passar a dica, pois embora com uma capa linda e sinopse legal, não faz muito o meu estilo. Beijos

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bom?
    Já vi comentários sobre esse livro em vários blogs que costumo frequentar e confesso que o mesmo não consegue chamar minha atenção, ainda que se trate de uma obra divertida e que trata de temas como o futuro, tradições e princípios que regem a humanidade. Confesso que fiquei curiosa para conhecer essa lista de como viver do pai dele. rs Adorei a resenha, super bem escrita.


    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  19. Olá Vivianne! ^^
    Admito que estava esperando algo bem diferente por causa da capa, porem fiquei animada por esse ser um livro bastante divertido e com uma leitura leve, perfeito para os adolescentes que estão inciando no mundo literário! Como eu adoro ler livros divertidos gostaria de realizar a leitura desse, porém não esta no topo da minha lista. No momento estou completando séries e comprando livros únicos de preferencia.

    Beijos e até logo! ;)

    ResponderExcluir
  20. Oie
    já conhecia o livro por resenhas e elogios dos fãs mas realmente nunca me bateu a curiosidade de ler, provavelmente nunca leria esse tipo de livro mas mesmo assim é uma boa dica para os fãs

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Já vi esses livros algumas vezes e na maioria as pessoas fazem uma observação sobre esse final que diminui um pouco o ritmo. O que deve ser realmente uma pena. Mas o fato dos personagens serem carismáticos e outros evoluírem positivamente compensa, eu acho.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  22. Sou apaixonada pelas edições da Galera, espero até conseguir parceria. O ruim é quando estamos apegados com o ritmo da leitura e o final tira isso. Mas, fiquei satisfeita com a descrição dos personagens que você trouxe. Ao menos isto é positivo.

    ResponderExcluir