RESENHA: A Queda da Casa de Usher

23 janeiro 2017

Título: A Queda da Casa de Usher
Autor: Edgar Allan Poe
Páginas: 72
Editora: FarolHQ
Nota: 5/5
Sinopse: BEM-VINDO À CASA DE USHER! A mansão gótica está em ruínas e aos poucos afunda no pântano sob ela. Seus moradores estão doentes e deslizando para o mundo da loucura. E se você ouvir com atenção, poderá escutar o som da hera subindo pelas paredes, o vento sussurrando seu nome e as árvores estalando quando esticam seus galhos para recebê-lo. Por favor, tente aproveitar sua estada...
Avaliação:

A resenha de hoje, trata-se de um conto do renomado autor Edgar Allan Poe. Recentemente, resolvi participar do projeto literário "12 Meses de Poe" e no cronograma de leitura, este foi o conto escolhido para janeiro, juntamente com o poema "O Palácio Assombrado". O projeto começou em 2016 e teve um sucesso tão grande, que os criadores (as) resolveram fazer novamente, com algumas sutis mudanças, dentre elas a leitura de um conto e um poema a cada mês. Para quem quiser participar do projeto, ainda dá tempo. É só entrar no grupo do facebook, lá vocês encontram o cronograma completo, discussões e também os arquivos para serem lidos. Vamos à resenha!

Em "A Queda da Casa de Usher" somos apresentados a um conto de horror, com mistério e morte. Conhecemos a história, pelo narrador Montresor, que foi convidado pelo amigo Roderick Usher para visitar sua residência, já que o mesmo acredita estar sofrendo de uma grave doença e decerto seus últimos dias estão próximos.  Ao chegar no local, é impossível não ficar arrepiado com as condições em que se encontra a casa: deteriorada e esquecida no tempo


Roderick também possui uma irmã, Lady Madeleine que sofre de uma doença de família, chamada catalepsia. Trata-se de um distúrbio, onde a pessoa não consegue movimentar seus membros, embora todos os órgãos funcionem perfeitamente. Os ataques podem durar alguns minutos, horas ou até mesmo dias, o que muitas vezes levam as pessoas a serem enterradas vivas. O enfermo, vê e ouve tudo ao seu redor, mas não consegue se movimentar e nem mesmo falar durante o episódio. 

"Durante um dia inteiro de outono, escuro, sombrio, silencioso, em que as nuvens pairavam, baixas e opressoras (...) finalmente me encontrei diante da melancólica casa de Usher".

A medida que Montresor passa seus dias com Roderick, percebe cada vez mais que o amigo é hipocondríaco e que há segredos maiores envolvendo os irmãos Usher. Com a morte de Madeleine, eventos estranhos começam a acontecer na mansão, mas seria tudo fruto da imaginação fértil de um hospede perdido naquela paisagem hostil? Ou os verdadeiros segredos daquela casa, começaram a vir como uma avalanche, fazendo ruir toda a sua estrutura? Ao tentar se acalmar, Montresor começa a leitura de um conto de Eltered, mas mal sabe ele que a cada palavra lida, uma revelação começa a surgir. 

Foto de divulgação do projeto - Facebook


A medida que avancei nesta narrativa, o único sentimento que tive é de que precisava ler até o final. Poe nos apresenta uma história muito intrigante, com alguns elementos intricados a história que nos fazem questionar nossas próprias convicções. A escolha do nome dos personagens não é por acaso. Eltered significa "mal conselho". E este também é o nome de um rei da Inglaterra, que foi assassinado de uma forma misteriosa. O cenário lembra um pouco as descrições Alexandre Herculano, em "Eurico, o presbítero".


"Era uma sensação de alguma coisa gelada, um abatimento, um aperto no coração, uma aridez irremediável de pensamento que nenhum estimulo da imaginação poderia elevar ao sublime".

Com esses elementos, Poe constrói um ambiente obscuro, cheio de melancolia e desespero. É frio, com pouca luz e ainda tem névoa. A estação é o outono, o que faz sentido, já que nesta estação as folhas caem, tal como a casa dos Usher. E embora a mudança de estações possa ser visto como algo positivo, neste conto, o que observamos é o inverso: declínio e tristeza. Outro elemento digno de nota, é o fato da casa ser velha, bem como Roderick Usher ser muito pálido, lábios finos e cabelos de teia de aranha. Por acreditar estar doente, a maioria das coisas lhe fazem mal, além de não poder se alimentar adequadamente. 


Esta não foi a minha primeira experiência com as obras do autor, mas foi sem dúvidas alguma à que mais me prestei a refletir e pesquisar, já que a grandiosidade do enredo realmente nos faz pensar sobre tudo o que lemos e as conclusões que fazemos ao terminar a narrativa. A recomendação fica para todos os leitores que apreciam histórias do gênero e já peço para que se atentem aos sinais, à atmosfera da história e todas as ricas descrições nela contida. 

"Devo morrer desta deplorável loucura, assim, assim, e não de outra maneira, é como devo morrer, aterram-me os acontecimentos futuros, não por si próprios, mas pelos seus resultados, sinto que chegará logo o momento em que deverei abandonar, ao mesmo tempo, vida e razão, em alguma luta com o horrendo fantasma: o medo".

29 comentários:

  1. Poe é demais <3
    Quero fazer os 12 meses também mas a lista de livros tá tão grande que fico apertada haha Amei sua resenha e já acrescentei este conto à minha lista.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Oi Viviane, eu preciso aprender a desenvolver o hábito de ler contos. Eu sempre vejo como as pessoas se jogam e acabam amando as histórias. Quem está perdendo sou eu né (rsrs).
    Beijos
    [SORTEIO] Aniversário de 1 Ano: Livro - Perdida
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  3. Sempre que vejo alguma resenha sobre alguma obra desse autor só escuto maravilhas. É uma pena que seu gênero não me atraia em nada, se não acho que eu seria mais uma das que elogiaria ele sem parar. ótima resenha, ótimo trabalho, parabéns em tudo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Esse ano não poderei fazer o 12 meses, mas teremos Poe sim lá no Poyo, mais para frente.
    A Queda da Casa Usher é um dos meus contos favoritos já li ele no minimo 3x e esse clima frio da casa é bem perturbador né? E esses irmãos se arrastando pela casa como assombrações não é nada hospitaleiro rsrsrs

    ResponderExcluir
  5. Minha melhor amiga é muito fã do Poe, mas acredita que não li praticamente nada do autor? haha
    Gostei da sua resenha e vou pesquisar para começar a ler!
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Oiii meu amor, tudo bem?
    Fiquei apaixonada pela sua resenha e espero com toda certeza ter a oportunidade de ler um livro desses futuramente, mas não queria que fosse em ebook, ótima resenha linda!
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
  7. Oi Vivianne! :D
    Já li esse conto do autor e me senti como você!!! Poe tem contos muito bons, gostaria de te perguntar se já leu Berenice? Esse é um dos meus favoritos! <3
    Adorei a capa que deram para o conto, quando realizei a leitura foi por meio de um livro com vários contos do Autor na antiga biblioteca da minha escola. Tem edição física também?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Amanda,

      Ainda não li Berenice, mas já vou anotar a dica para ler futuramente. Então a capa é de uma edição lançada pela editora FarolHQ e as outras fotos, é o logo do projeto 12 Meses de Poe. Acredito que essa primeira tem na versão física sim, mas eu li pelo kindle.

      Abraços!

      Excluir
  8. Eu vi esse desafio no ano passado e suuuper tenho vontade de participar, mas infelizmente esse ano não vai dar pois tenho muuuita, mas muuita coisa atrasada!
    Achei bem instigante o enredo e fiquei imaginando qual o desfecho dessa trama bizarra. Será que a Lady será enterrada viva? Eu hein rs

    Beijos,
    Kemmy - Duas Leitoras

    ResponderExcluir
  9. Oi, Vivi.
    Achei o desafio muito bacana e acho legal ver tantos jovens participando e se abrindo para os textos complexos de Poe!
    Adorei a resenha!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  10. Oi Vivi, tudo bem?
    Em primeiro lugar parabéns pelo post. Amei você estar resenhado um classico como A queda da casa de Asher. Amo esse conto apesar de ter lido ele a primeira vez, por obrigação da licenciatura em inglês. Amei sua resenha e suas impressões. Aguardo mais postagens como essa.Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?
    Olá que livro mais interessante!
    Ainda não conhecia o livro A Queda da Casa de Usher, ate ler mais dele aqui e gostei do jeito e da forma que apresentou o livro.
    Achei a arte da capa tão linda, numa livraria me chamaria a atenção com certeza.
    Adorei a resenha, leria sim e fiquei curiosa com o desfecho e o rumo dos personagens.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  12. Com esse projeto do Poe cada vez mais eu ouço falar do autor e dos seus livros, o que é ótimo. Eu morro de vontade de ler, sabe? As histórias parecem muito interessantes e desperta sempre minha curiosidade, o problema é que eu fujo desses livros pois eles sempre me causam medo e etc. Sua resenha ficou ótimo, você escreve muito bem!Flores no Outono 

    ResponderExcluir
  13. Puxa! Quem não conhece Allan Poe??? Demais! Eu adoro esse tipo de história e parece que A queda da casa de Usher não fica devendo nada aos outros. Fiquei super curiosa para ler. Resenha ótima! Obrigada!
    Drica.

    ResponderExcluir
  14. Olá Viviane, acho esse projeto bem bacana *-* Esse conto parece ter um mistério bem bacana e ser o tipo da historia que você não consegue parar de ler até saber o final *-* Adorei sua resenha.

    http://meumundo-meuestilo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Viviane.
    Que bom que o projeto teve um sucesso tão grande a ponto de estendê-lo.
    Dá para perceber que este é um conto maravilhoso e que o Poe foi um exímio escritor, mas eu não tenho coragem de me aventurar pelas obras dele porque sou muito medro e fugo de tudo que tem terror.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  16. OOi!
    Confesso que, apesar dos elogios, não tenho vontade de ler as obras do autor. O gênero não é um que eu goste, na verdade, é um dos que eu fujo. kkkk
    Mas que bom que gostou! :)
    Beijoos!

    ResponderExcluir
  17. Olá!

    Adoro Poe! Acompanho esse desafio dos 12 meses em vários outros blogs e não tem um que não elogie o homem! Preciso ler mais escritos dele... Obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bem? Conheço super o Poe de nome, mas confesso que nunca li nada do autor. Fiquei bastante intrigada para começar por esses contos. Acho o projeto uma ótima ideia, mas não sei se acompanharia por poder ser possível não gostar da escrita do autor, mas sempre encorajo todos. Adorei!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. As obras de Poe são todas bastante famosas, mas nunca cheguei a ler nada dele. Não posso nem dizer que foi falta de oportunidade, talvez falta de vergonha na cara para pegar e ler mesmo. Não é o gênero que mais me agrada, mas também acho que devemos ser ecléticos e não custa nada tentar.rs.

    ResponderExcluir
  20. Gosto quando os blogs dão espaço para autores mais clássicos, assim como o Poe. Porém, a leitura dele não é algo que me interessa. Não gosto do gênero gótico e nem muito menos o terror, como é o caso desse livro. Além disso, o POe tem uma escrita bem melancólica, assim deixo a dica passar. Beijos

    ResponderExcluir
  21. Olá!
    Acho esse desafio dos 12 meses muito legal, e tenho muita vontade de fazer porque assim vou poder conhecer muitas obras desse autor tão maravilhoso. Adorei a sua resenha e poder conhecer um pouco mais dessa obra, fiquei com muita vontade de realizar a leitura também.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  22. Oi Vivianne,
    Acredita que não li nada do Edgar Allan Poe ainda. Tenho que corrigir isso o mais rápido possível. Não sou muito fã de poesias, por isso pretendo começar pelos contos.
    Obrigado pela excelente dica e pela lembrança.
    Beijos,
    André, do Garotos Perdidos
    Tem sorteio de 2 livros rolando lá no blog. Não deixe de participar :}

    ResponderExcluir
  23. Eu ainda não li muito de EAP. Eu tenho um plano de fazer uma maratona dos livros dele, mas ainda tá bem no rascunho. Eu vou acrescentar essa sua leitura a minha lista, sem dúvida.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Esse ainda não li do mestre Poe. Adorei a resenha e já vou correndo pra minha antologia do autor e querer ler esse também!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  25. Olá
    não é o tipo de livro que me atrairia para ler mas mesmo assim não deixa de ter uma bela história e muito bem colocada, gostei da sua resenha e do enredo

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Oii, tudo bom? Sua resenha ficou maravilhosa! Eu já li alguns contos do Poe e apesar de ter gostado de alguns, não é um autor que anseio ler todas as obras. Não me recordo se li esse, mas depois do seu post terei que procurar! :D
    Beijos

    ResponderExcluir
  27. Olá, tudo bem?
    Confesso que até gostaria de participar desse projeto literário "12 Meses de Poe", mas infelizmente o meu momento tá um pouco conturbado hahahaha.
    Anotei a sua dica e espero realmente ler em breve esse conto, uma vez que adorei a premissa e seu ponto de vista.

    Abraços

    http://www.viciadosemleitura.blog.br/

    ResponderExcluir
  28. Olá, tudo bem?

    Eu amo os contos escritos por Poe, mas este é um dos meus favoritos, além do Gato Preto <3 (não lembro o nome do conto, socorro DAHUDHUHSD). Tenho um livro dele aqui em casa que ganhei de uma amiga, publicado pela Tordesilhas, então pretendo terminar de ler todos os contos um dia.

    Beijos

    ResponderExcluir