RESENHA: Eu Não Posso Escolher #2

04 abril 2017

Título: Eu Não Posso Escolher - A Cidade Que Nunca Dorme #2
Autora: Anna Cms
Páginas: 224
Editora: Multifoco
Nota: 5/5
Livro: Cortesia da autora
Sinopse: Quem se emocionou com Viv e Devan em Eu mereço ser a única, também deve ter se intrigado com o segredo que Patti esconde.Venha descobrir o seu irresistível dilema em Eu não posso escolher – livro dois da série A cidade que nunca dorme. Patricia Smooter é uma linda e jovem jornalista que tem dois problemas: um. Seu namorado de quatro anos está prestes a lhe propor casamento quando ela ainda não se sente, exatamente, preparada para dar este passo, e dois. Um antigo fetiche mal resolvido. Acreditando que seu namorado, Jesse Scott, estava disposto a realizar sua fantasia por uma única e louca noite, ela se verá enredada em uma tórrida paixão com os dois lados de uma mesma moeda. Como escolher entre a segurança e a loucura? Entre o romance e a libertinagem? Entre a reflexão e a impetuosidade? A sofisticação e a simplicidade...? O eterno e o fugaz. O yin e o yang.Entretanto, quando ela finalmente se reconhece incapaz de escolher, o destino lhe rouba esta decisão e Patti precisa “fazer o que tem que ser feito”, para salvar todas as vidas que dependem das suas escolhas.


Avaliação:

Uma boa história de romance é sempre bem vinda e embora eu tenha dado uma pausa no gênero, acabei me relembrando dos motivos de gostar tanto dessas histórias, lendo justamente o novo livro da autora Anna Cms. Trata-se do segundo volume da série "A Cidade Que Nunca Dorme", onde a primeira história contada, foi a da Viv e do Devan (se você perdeu pode encontrar a resenha aqui), agora no entanto, conheceremos a história da Patti, com uma trama ainda mais emocionante que a do primeiro volume.

Em "Eu Não Posso Escolher" nos deparamos exatamente com o final do primeiro livro, onde Patricia Smooter (Patti) é questionada por suas amigas, já que ela vem tendo um comportamento muito estranho nos últimos dias. A jornalista mesmo relutante, começa a narrar os acontecimentos passados de sua vida, começando pela forma como se envolveu com Jesse, ainda na universidade e se apaixonou profundamente pelo rapaz.


Anos depois, Jesse é um empresário e Patti uma jornalista. Ambos namoram a longa data e Jesse começou a sugerir a ideia do casamento. No entanto, Patti sente que falta algo em seu relacionamento, o que a deixa bem empolgada quando encontra Jesse vestido de bad boy em um bar e fazendo muito mistério, tudo para reaver a relação. Os dois acabam por passar uma noite maravilhosa, mas o dia seguinte não poderia ser pior..

Logo ao acordar, Patti recebe uma mensagem de Jesse dizendo que não pode comparecer ao encontro e seu irmão gêmeo (o qual ele nunca havia mencionado) foi em seu lugar. Surpresa e sem saber o que fazer, Patti se dá conta de que acabou de trair seu namorado. Para piorar, ela realmente gostou do gêmeo Jayden, que além de bad boy é incrivelmente inteligente e tem uma história ainda mais emocionante.

"Se toquem da maneira que seus corpos e corações exigirem; se desejem, com a fúria de um tornado contra um tsunami. Se amem... Apenas por algumas horas, com seus corpos e almas... e nos permita traduzi-los com as pontas de nossos pincéis." (Edgard Angel)

Dividida entre dois homens, que são a cópia exata um do outro. Mas que possuem personalidades divergentes, além de uma rixa antiga. Patti terá que decidir entre os dois e tentar se controlar, já que é impossível resistir a ambos. Mas quando seu coração se sente cada vez mais dividido, como ela poderia escolher? 

Preciso dizer, que esse segundo livro possui uma grande carga de emoção, ainda maior do que o primeiro e é por isso que estou completamente encantada com essa história. Patti é inteligente, empoderada e mesmo diante de uma indecisão, tem plena certeza das consequências de suas atitudes. Já Jesse é centrado, gentil e um verdadeiro cavalheiro, é um porto seguro para Patti. Enquanto Jayden é totalmente o oposto, imprevisível, não gosta de falar dos sentimentos, mesmo que tudo com ele pareça ser muito intenso. 

O amadurecimento da escrita da Anna, é perceptível logo nos primeiros capítulos. Encontramos aqui, uma história bem construída, com personagens fortes e cenas levemente picantes, mas que ainda assim conseguem marcar o leitor. Diferente do primeiro, neste livro você sente na pele os sentimentos da personagem, sofrendo com todas as dúvidas e inseguranças dela. O desfecho é emocionante,deixando um gancho muito bom para o próximo livro, que terá outra protagonista, a qual vocês poderão conhecer nos dois primeiros volumes.

"– O que posso fazer para ajudar? – murmurei, tentando controlar o tom de piedade em minha voz. – Bad boys não ficam depressivos! – brinquei, num riso meio sem graça. – Bad boys depressivos enchem a cara de uísque – ele rebateu. Não gostei do tom cortante em sua voz, delatava a revolta que o Capitão havia mencionado, ele continuou. – Eu não tenho essa prerrogativa. Já me ferrei por ter bebido vinho na sexta. Quando você vai entender que eu, na verdade, não atendo a nenhum dos seus requisitos?!"

O livro está sendo vendido pelo site da Editora Multifoco, enquanto o primeiro volume foi um trabalho da Chiado Editora. O segundo livro está ainda em período de pré venda essa semana e adquirindo o segundo, a autora se compromete em enviar o primeiro, totalmente gratuito. Só é preciso enviar o comprovante de pagamento, em uma das redes sociais dela. Como eu disse acima, este é o segundo volume da série "A Cidade Que Nunca Dorme" e embora algumas pessoas reclamem por não ser volume único, garanto a vocês que esta é uma leitura muito leve e fluída. Com poucas páginas que preenchem nossos corações e nos fazem ansiar por mais. 

13 comentários:

  1. Olá, tudo bem?
    Ah como eu quero ler os livros dessa autora, amo as capas!
    Adorei a sua resenha, só aumentou a minha vontade em ler!
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  2. Muito legal ver resenhas de livros nacionais. Fico muito feliz com a suas observações tão positivas sobre uma autora nacional e desejo todo o sucesso para a Anna em sua carreira!

    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Ah meu deus, olha a minha lista aumentando em 3...2...1... hahaha eu adoro esses livros com gêmeos! Gêmeos são tuuuuuuuuuuuuuudo de bom!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Viviane.
    Ainda não conhecia o trabalho da autora, mas adorei a sua empolgação na resenha. Me deixou curiosa!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  5. Uau! Eu não curto muito triângulos amorosos, mas esse livro eu leria com certezaa kkk! Estou muito surpresa com o enredo que parece ser envolvente e apesar da Patti estar em uma situação complicada, não deixa de também ser divertido. Estou um pouco intrigada com os dois irmãos, por quê o Jesse mandaria seu irmão, que é igualmente lindo, sair com a Patti? E o Jayden não é nem um pouco fiel ao Jesse, pois conseguiu,sem problemas, dormir com a namorada do irmão. Porém, como você disse na resenha, que ele também tem um passado, então acho que tem muito mais nessa história do que eu imagino. Adorei a sua resenha e estou louca para ler e descobrir com quem a Patti irá ficar. Bjss!

    ResponderExcluir
  6. Oieee!
    Nossa, que história interessante.
    Ainda nao conhecia esse "Eu Não Posso Escolher" e fiquei interessada demais.
    Fiquei curiosa com tudo e os personagens mais ainda.
    Gosto de livros que nos deixam abaldas e torcendo pelos protagonistas e parece que esse tem tudo.
    VOu ler depois sim.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  7. Oi, Viviane
    Não estou me recordando muito dessa série, mas fico feliz que esteja gostando e que a escrita amadureceu. Gosto quando as cebas picantes são mais leves e por isso acho que daria uma chance a série.

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  8. Oii
    Eu não sou fã de New Adult porque geralmente as histórias são bobinhas e muito longe da realidade, como este me pareceu, ou um clichê sem fim. Na minha opinião não EXISTE como a garota namorar o mesmo cara por anos e não saber diferencia-lo do gêmeo, assim como não teria como ela não saber da existência do outro, fala sério.
    Não gostei do livro, passo a dica.

    Vícios e Literatura

    ResponderExcluir
  9. Olá! Minha mente foi parar longe quando entendi o dilema da protagonista (pra você ter ideia, imaginei duas possibilidades de final). Vou pesquisar mais. Você sabe quantos livros terá a série? Abraços!

    ResponderExcluir
  10. Nossa que livro mais fofo. Achei bem interessante e eu não conhecia ele. Parabéns pela linda resenha. Que bom que gostou dele. Parabéns.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. O livro parece ser previsível, porém parece ser o tipo de clichê que pode funcionar muito bem se a autora conseguir desenvolver!
    Me deu vontade de ler.

    Bjs

    Pipoca com Café

    ResponderExcluir
  12. Oi,
    Estou para ler o primeiro livro e já fiquei ansiosa para ler o segundo livro rs
    Gosto bastante de livros com uma carga emocional grande, sei que vou chorar e amar acompanhar os personagens.
    Parabéns pela resenha
    beijos
    Daya

    ResponderExcluir
  13. Olá,
    Esse livro me parece bem interessante estou lendo um livro mais ou menos assim agora é realmente é cativante esse tipo de história onde há inseguranca dos personagens e uma boa química entre os personagens.

    Beijos
    Biblioteca Desajeitada

    ResponderExcluir