29 maio 2017

RESENHA: A Traidora do Trono

Título: A Traidora do Trono
Autora: Alwyn Hamilton
Páginas: 440
Editora: Seguinte
Nota: 4/5

Sinopse: Amani Al’Hiza mal pôde acreditar quando finalmente conseguiu fugir de sua cidade natal, montada num cavalo mágico junto com Jin, um forasteiro misterioso. Depois de pouco tempo, porém, sua maior preocupação deixou de ser a própria liberdade- a garota descobriu ter muito mais poder do que imaginava e acabou se juntando à rebelião, que quer livrar o país inteiro do domínio do sultão. Em meio às perigosas batalhas ao lado dos rebeldes, Amani é traída quando menos espera e se vê prisioneira no palácio. Enquanto pensa em um jeito de escapar, ela começa a espionar o sultão. Mas quanto mais tempo passa ali, mais Amani questiona se o governante de fato é o vilão que todos acreditam.

Avaliação:

Olá Pessoal,

Desculpem o sumiço, mas acabei precisando resolver alguns problemas pessoais e por isso me ausentei essas duas semanas do blog. No entanto, tem muita resenha boa para ser postada e por que não começar pelo segundo livro da autora Alwyn Hamilton, publicado aqui no Brasil, como 'A Traidora do Trono', que é também a tão esperada continuação de 'A Rebelde do Deserto'. Eu estava bem ansiosa para realizar essa leitura e eis que não me decepcionei, o livro soube me encantar do inicio ao fim.

A história começa com Amani um pouco revoltada, por Jim ter viajado em uma missão, enquanto ela estava inconsciente, após receber um tiro de bala perdida, no final do primeiro livro. No entanto, quando ela menos espera, Jim retorna de sua longa viagem e mesmo que seu coração diga que não deve perdoá-lo, algo em seu intimo a atrai como um imã para perto dele.


Ela só não contava que seria raptada por sua tia, que aliás ela havia acabado de resgatar de uma prisão. Esta se mostrou um lobo em pele de cordeiro e levou Amani para as mãos de quem ela menos esperava, o Sultim. No palácio, Amani é impedida de usar seus poderes de denji, uma vez que o governante mandou colocar algumas 'placas' de metal e cobre sob sua pele, com a ajuda de Tamid, seu ex amigo da Vila da Poeira e agora curandeiro do Sultão.

02 maio 2017

RESENHA: A Profecia de Mídria

Título: A Profecia de Mídria - Os Mistérios de Warthia #1
Autora: Denise Flaibam
Páginas: 304
Editora: Mundo Uno
Nota: 4/5
Livro: Cortesia da Editora

Sinopse: SERAFINE DELAY ERA UMA GAROTA COMUM...À sua maneira.Sua vida na sossegada Vila do Sol muda de repente na noite em que sua décima oitava primavera era festejada. Um ataque força a jovem a fugir desesperadamente de monstros sanguinários e imbatíveis. Por algum motivo insano, tais criaturas queriam sequestrá-la! Serafine mergulha no universo mágico de Warthia e começa a entender a ligação entre os desenhos que marcam seu corpo e a História daquele mundo... E descobre-se numa surpreendente situação: seu destino está traçado. Uma antiga profecia clama por seu espírito. Uma difícil jornada deve começar. Na companhia de um belo e rude espadachim, uma simpática garota de orelhas pontudas e um felpudo guerreiro belicoso, Serafine ingressará numa viagem de perigos desconhecidos, treinando para derrotar aquela que vem das Trevas para tudo devastar. Os Mistérios de Warthia devem ser desvendados, e Serafine é a única capaz de fazê-lo.

Avaliação:

Neste ano, nosso blog finalmente foi selecionado para a parceria com a Editora Mundo Uno. Ficamos muito animadas, uma vez que buscamos incentivar a leitura de obras nacionais e também por finalmente poder conferir esse catálogo fantástico da editora. Em abril, acabei solicitando o livro "A Profecida de Mídria" da autora Denise Flaibam, eu já havia conferido algumas obras dela na Amazon e agora tive a oportunidade de ler esse livro que além de fantástico, consegue prender totalmente o leitor no seu enredo.

O livro nos apresenta a história de Serafine, uma jovem que foi adotada por um simpático casal de camponeses e que embora se sinta sortuda por tê-los, não consegue deixar de reparar nas diferenças que os separam. Ela tem marcas por todo corpo, desenhos em tom perolado e que estão sempre cobertos por uma boa camada de maquiagem e roupas. Além disso, Serafine sonha em conhecer o mundo e viajar por lugares ainda não conhecidos.

Vivendo uma vida pacata, Serafine mal esperava que após a chegada de dois estranhos na estalagem de sua mãe, o perigo realmente conseguisse alcança-la. Na sua festa de aniversário, um ataque de lobisomens acaba seifando a vida de várias pessoas da vila. Os estranhos hospedes, revelam ser Yvela e Jarek, ambos guerreiros que estão ali justamente para proteger Serafine, embora ela não encare isso muito bem no inicio.


Após o ataque, Serafine finalmente entende que está sendo caçada e mesmo sem saber os motivos, sua única alternativa é fugir com os dois estranhos e tentar descobrir mais a cerca do seu passado e de sua própria natureza. Para isso, ela passará por uma jornada de provação, onde o desconhecido nunca pareceu tão atrativo.