RESENHA: Inversos - Carol Dias

21 junho 2017

Título: Inversos - Série Clichê #2
Autora: Carol Dias
Páginas: 214
Editora: Ler Editorial
Nota: 4/5
Sinopse: Como assistente pessoal de Carter Manning, Bruna sabia exatamente o que esperar do cantor: música, mulheres e um pouco de (muita) arrogância. Seria preciso uma interferência do universo para que ele se mostrasse alguém descente. E não é que o universo resolveu agir?! As pequenas, Sam e Soph, serão a prova final de Carter, para mostrar que mesmo o cara mais idiota, possui algo além de uma camada de egocentrismo.



Avaliação:

No nosso primeiro ano do blog, conseguimos uma parceria muito especial com a autora Carol Dias. Lembro-me de ter ficado muito intrigada pelo fato do livro dela, se chamar "Clichê" e qual não foi a minha surpresa, ao descobrir que obra além de divertida é simplesmente fantástica e mesmo sendo um "clichê", conseguiu me surpreender em diversos aspectos. Se você perdeu essa resenha, pode dar uma conferida nela aqui.

Agora chegou a vez de falar sobre "Inversos", livro que também é ambientado no universo de "Clichê", mas com protagonistas diferentes. Confesso que pela experiência que tive, ao conhecer o Carter no primeiro livro, fiquei temerosa se conseguiria gostar dele. Mas eis que a Carol conseguiu me surpreender novamente e agora não sei mais, qual irmão Manning escolher (haha).

O livro começa nos mostrando a rotina de Bruna, uma  assistente pessoal do cantor Carter Manning, que além de ser muito talentoso também é lindo, o que faz com que ele esbanje charme por onde quer que vá. Bruna tem uma rotina bem apertada com Carte, que precisa ser lembrado a todo tempo de seus compromissos e impedido de entrar em algumas furadas, quando resolve sair pela noite. 


A situação realmente começa a complicar, quando em uma manhã duas garotinhas chamadas Sam e Soph são deixadas na porta de Carter. A mãe ao que indica, além de desprezar Carter pelo nascimento das gêmeas, também não quer ser identificada e deixa somente um bilhete explicando que ele provavelmente nem se lembra dela (o que é verdade). Bruna fica sem reação com a situação, mas logo que Carter se dispõe a cuidar das garotas, ela se vê fazendo horas extras entre ser babá e assessora.

"Esse sentimento estranho, que Carter e eu compartilhamos, mas que nos recusávamos a nomear. O estar apaixonados que não queria admitir. O cuidado extra que tínhamos um com outro. É sentir-se em casa apenas quando estamos juntos, seja que cidade ou país estivermos."

Embora Soph e Sam sejam crianças muito amorosas, ambas precisam de cuidados e Carter começa a ficar negligente nesse assunto. Estressada, a Bruna começa finalmente fica de saco cheio, após um episódio no ônibus da turnê. E assim, ela resolve dar um basta e não trabalhar mais para Carter Manning. O problema todo, é que com os anos de convivência, os dois parecem não conseguir viver longe um do outro e mesmo Carter sendo um mulherengo e Bruna uma jovem centrada e totalmente o inverso dele, o amor entre os dois floresce cada vez mais. Poderia o amor, unir pessoas tão diferentes?


Como eu tinha dito acima, Carter não se apresentou muito bem no primeiro livro. Mas neste segundo, a autora conseguiu me surpreender totalmente, ao dar vida a esse personagem, que até então, parecia ser muito babaca. Mas que aos poucos, demonstrou sentimentos tão puros e conflitantes, que me vi sofrendo ao lado dele, diante das indecisões em sua vida. Bruna, mesmo sendo muito centrada e competente, também fica muito alterada quando o assunto é Carter e é exatamente o fato de ambos não saberem lidar com isso, é que torna essa leitura muito agradável, uma vez que o leitor sofre junto com o dilema dos dois.

"O amor se manifesta nas coisas mais simples. No silêncio, você ouve. Quando volta para casa, para aquela pessoa. Mesmo com as luzes apagadas, é possível ver."

O desfecho do livro é lindo e soube arrematar muito bem a história. Temos também a inserção de outras problematizações do enredo, o que eu achei muito legal, uma vez que o foco não foi somente a Bruna e o Carter. As gêmeas também representaram um papel fundamental no livro, ao deixarem a trama mais leve e cheia de emoções. O mais divertido, é ainda poder rever os queridos personagens de Clichê e saber como suas vidas seguiram.  De certa forma, a história conseguiu me conquistar completamente, só senti falta de cenas mais românticas entre a Bruna e o Carter, uma vez que a autora focou mais na rotina deles e para mim, careceu um pouco de plots mais emocionantes e significativos entre os dois, mesmo que o amor entre eles fosse óbvio.


A obra foi publicada pela Ler Editorial, que aliás fez um belíssimo trabalho com a capa e principalmente com a revisão, ambos impecáveis. O livro foi cedido pela Carol, que tem meus sinceros cumprimentos, pois devorei esse livro em uma noite e a escrita fluída dela, aliada a personagens cativantes, tornou toda a experiência com Inversos muito prazerosa. A recomendação fica para aqueles leitores que apreciam um romance, leve e com muitos sentimentos. 

"Eu nunca, nunca mesmo, vou desistir de você. Sam e Soph me fizeram enxergar o mundo de forma diferente. Você... Você é quem me coloca e recoloca no caminho certo."

10 comentários:

  1. Não conheço a autora, mas fiquei curiosíssima para saber mais sobre o livro! Mais um Lara a lista! Obrigada pela dica! Beijos :*

    ResponderExcluir
  2. Oi tudo bem?
    Terminei de ler a resenha com um único pensamento em mente: ESSA HISTÓRIA E MUITO FANFIC EU PRECISO LER, não conhecia o livro mas a sua resenha me deixou com muita curiosidade de ler, vou procurar para comprar.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Gosto bastante de Chick-lit e vou pegar essa dica para uma futura leitura.
    Ando vendo ele bastante pela blogosfera e estou ficando cada vez mais curiosa com a leitura.
    Gostei de sua resenha.
    Quando me livrar de algumas séries de livros, pretendo embarcar nessa! ;)

    beijinhos!

    Já havia lido uma resenha sobre esse livro e a reação tem sido a mesma! todas amaram! Acho que vou ter que ler para amar também!! uhahuhuaua
    Fiquei bastante curiosa, mesmo com esse excesso de Belas e Feras no mercado, fiquei com vontade de ler.
    Gostei bastante de sua resenha e espero me debulhar também com essa leitura.
    Estou precisando amolecer o coração um pouquinho.. huahuahuahua

    beijinhos

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  4. Nunca havia ouvido falar desta autora, mas confesso que me interessei bastante simplesmente pela premissa atrativa.

    Grande abraço,
    Victor N Souza
    www.cafeidilico.com

    ResponderExcluir
  5. Ola lindona

    A premissa do livro em si é interessante, mas confesso que ando cansada de homens muito galinha, pelo visto esse é o caso, mas irei ler para ver sua redenção em conquistar nossa protagonista. Adorei a capa. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    Realmente Carter é um mala no primeiro livro e nesse segundo ganha o nosso coração!! Realmente a hist. das gêmeas add mt emoção ao livro!!
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  7. Heiii, tudo bem?
    Li várias resenhas bem positivas sobre o livro e por amar chick-lit, eu ja fiquei bem interessada na história.
    Esses homens galinhas sao os mais engraçados e eu fico torcendo pelo casal dar certo logo.
    A capa combinou direitinho com o primeiro, vou com certeza ler.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  8. Oiii!!

    Eu não li esse livro ainda, mas eu gostei bastante da resenha!
    A escrita da autora parece ser MUITO ágil e isso me deixou curiosa. A capa tá uma gracinha!

    Dica anotada

    ResponderExcluir
  9. Gostei muito da escrita da Carol, mas achei a relação das protagonistas meio bizarra. No fim pra mim foi uma leitura bem gracinha e parou ai... rs. Realmente o trabalho grafico da editora ficou incrivel eu curti bastante também.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  10. Oie! Não conhecia a autora e seus livros mas com sua resenha eles me chamaram atenção! Adoro um bom romance que nós intriga e nós prende ao ponto de ler todo de uma vez e estou super anotando sua dica! Achei lindo a diagramação das páginas de capítulos, um ótimo trabalho da editora!

    Beijos
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir