RESENHA: O Treinador do Meu Sobrinho - Vanessa Gramkow

16 agosto 2017

Título: O Treinador do Meu Sobrinho
Autora: Vanessa Gramkow
Páginas: 146
Editora: Ella
Nota: 3/5
Sinopse: Duda aprendeu que a vida não era fácil, mas nunca se deixou abater pelos obstáculos. Conhecida por sua personalidade ousada, ela valorizava sua própria liberdade acima de quaisquer sentimentos. A vida estava sempre sob seu controle... até seu sobrinho, o jovem tenista Igor, garantir-lhe que André, seu treinador, seria o “homem ideal” para ela. Duda não acha que precisa de qualquer relacionamento sério, aliás, aprendeu que o amor não existe para todos, especialmente não para ela. Por isso, tudo soava muito divertido quando Duda soube que finalmente conheceria o “tão mencionado” André; o problema é que o tal “homem ideal” era um babaca que parecia muito disposto a irritá-la. Agora, Duda precisará lidar com as expectativas românticas de seu sobrinho, a monitoria estressante de sua irmã mais velha, o confronto com seu próprio passado doloroso e a verdade de que nunca é tarde para aprender a amar.

Avaliação:

Olá Pessoal,

Hoje eu vim trazer a resenha de um livro, que já estava há um bom tempo na minha estante e só agora eu consegui finaliza-lo e trazer as minhas impressões para vocês. Neste ano, eu tenho investido muito na leitura de New Adults e receber este livro, foi uma surpresa agradável e uma leitura não tão emocionante como eu esperava, mas obra ainda assim possui um certo potencial.

No livro conhecemos Duda - ou Maria Eduarda - uma mulher de 28 anos que ganha a vida como fotografa, embora no passado seu trabalho tenha sido de modelo. Duda vive viajando e por isso tem pouco tempo para a sua família, que consiste na sua irmã Mariana, seu cunhado e o filho dela Igor. 

A história começa com Duda indo para um resort em Florianopólis, onde Igor irá jogar profissionalmente em um campeonato de tênis. No caminho para o hotel, com o trânsito caótico pelo carnaval, Duda acaba resolvendo ir apé e tirar algumas fotografias. E é neste passeio inusitado, que ela esbarra com André. Este é descrito como um homem de beleza extraordinária e jeito de menino, embora possua traços de um homem mais maduro, devido a sua idade. 


Ao ver André, Duda imediatamente fica atraída por ele. E com ele não é diferente, entre troca de fotos e provocações, acaba rolando um beijo que deixa ambos muito balançados. Mas Duda que está acostumada a relacionamentos casuais, vai embora para o hotel e diz a si mesma que aquilo não é nada e provavelmente nunca mais verá aquele homem em sua vida.

"Não fui a única capaz de desvendar alguém, ele igualmente pode me ver".

E para a surpresa de Duda, no dia seguinte ao encontrar o sobrinho Igor na quadra, ela se deparar com André novamente e desta vez ele é o treinador do seu sobrinho. O mais engraçado no entanto, era que Igor vivia dizendo que a tia deveria sair com o André e que ambos formariam um par perfeito. Duda fica imediatamente desorientada e cada vez que passa mais tempo com André, o que ela mais temia pode acabar acontecendo: se apaixonar.


Logo no inicio desta história, gostei muito da originalidade do enredo e a escrita da Vanessa Gramkow, que consegue nos transportar diretamente para a atmosfera do livro, sem tornar forçada a leitura. Além disso, os personagens foram muito bem trabalhados, mesmo os que tiveram pouca atuação, foram muito bem introduzidos na trama, de forma que suas presenças se tornaram divertidas e interessantes na composição do enredo.

"Quero gritar e agredi-lo, quero beija-lo de novo. Ele me enloquece, e isso não é necessariamente um bom sinal".

O único problema que encontrei na história, foi a forma como os acontecimentos se desenrolaram tão rapidamente no livro. Embora eu não tenha problemas com romances que acontecem mais rápido, infelizmente não consegui me conectar com Duda e André, pelo contrário, me vi torcendo para outro personagem que é mencionado na trama, o Alexandre, um ex da Duda que se mostrou um personagem muito mais significativo e complexo. 


Sendo o livro uma história curtinha, lá para a página 100 descobrimos um segredo que ronda a vida do André, mas isso não consegue nos surpreender, pois a autora já vai dando indícios do que poderia ser, o que acaba deixando aquela novidade não tão interessante assim e o final previsível demais. Bem como as atitudes de Duda ao final do livro, se mostram infantis e desconexas com sua personalidade no inicio do livro. A ideia que se tem, é que Duda é uma mulher madura e independente. Mas no final, ela se torna imatura e infantil demais, principalmente quando sua irmã Mariana fica se intrometendo na vida dela o tempo todo. E o sobrinho, Igor de apenas 14 anos, soa mais maduro que a mãe e a tia, o que ficou um pouco desconexo no enredo.

"As vezes, o amanhã, é importante, temos que ter um caminho a seguir, mas também um lugar para permanecer, pois viver só não é bom".

Esses foram os problemas que eu encontrei, pois embora tenha tido discordâncias com o casal principal, gostei muito dos personagens secundários e a autora conseguiu descrever com muita riqueza os cenários e situações vivenciadas no livro.  A obra como eu disse, tem seu potencial por inovar no enredo, que pode ser melhor trabalhado e aperfeiçoado para esse romance realmente ganhar o destaque que merece.

O livro nos foi cedido em parceria com a autora, a qual tem meus sinceros agradecimentos. A obra foi publicada pela Editora Ella e confesso que é o primeiro livro que leio deles e acredito que poderiam ter trabalhado melhor na parte gráfica do livro, a capa não me agradou muito, a diagramação foi o que mais gostei no livro e a revisão ortográfica está excelente, embora as letras pequenas me incomodarem um pouco.  

A recomendação fica para os leitores que buscam um romance mais leve, com personagens divertidos e uma história consistente. 

10 comentários:

  1. Oi Vivianne! Tudo bem? Não faz muito tempo que li esse livro, achei ele muito bonito e curti bastante a história. Confesso que a todo momento eu soube o que iria acontecer, mas o que me surpreendeu foi o fato final que fiquei me perguntando o por que "a autora me falou que terá continuação".

    Pelo que entendi ela está aperfeiçoando cada vez mais a obra, pois no meu ver ela poderia ter feito uma ótima história envolta desse conteúdo que no meu ver ficou bom "eu favoritei por que gostei da narrativa e confesso que foi difícil dar a nota"... Parabéns! Ótima resenha.

    Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
  2. Oiii Vivianne tudo bem?
    Eu realmente não sou muito chegada a esse tipo de livro, mas vir aqui e ver a sua resenha com tanta sinceridade me deixa feliz, pois não está a puxar saco. Ótima resenha e sei que é uma ótima leitura para quem gosta desse gênero.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. A capa não me chama muito a atenção e nem a premissa. É o primeiro livro da autora? Apesar disso e dos problemas apontados, acho que a linguagem que ela usa tem potencial para desenvolver novas histórias, mais elaboradas.

    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Oie!
    Eu não gosto muito de letras pequenas nos livros, sempre me atrapalho na leitura. Ainda não conhecia o título, mas por ser um romance, sempre fico curiosa.
    Uma boa indicação, quero ler.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  5. Ooi! Amo o gênero, mas confesso que a premissa não chamou minha atenção (parece ser muito igual aos muitos que já li). Mas o que me desanimou mesmo foi saber que a historia anda rápido demais - não gosto nada quando isso acontece. :(
    Daria até uma chance, mas confesso que com pouca expectativa. :)
    boa resenha!

    ResponderExcluir
  6. Oi Vivianne.
    Também achei que é um enredo original e isso é um diferencial para o livro.
    Fiquei bem curiosa para saber que segredo é esse que tem a ver com o André.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia o livro mas ele parece ser muito bom. Gosto de romances. Dica anotada.

    Bjs
    Suka
    http://www.suka-p.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Achei a premissa ótima, mas que pena que tudo acontece rápido. Ainda assim quero conferir.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Confesso que ando meio cansada de romances e esse nao me pareceu assim nao bom.
    A sinopse esta ok, mas achei que a trama nao me prenderia, ainda mais vc falando q ja tinha sacado sobre o segredo do livro e me deixa meio com o pe atras quando isso acontece.
    A capa esta bacana, mas por enquanto vou passar a dica.

    ResponderExcluir