RESENHA : A SINDROME E - FRANCK THILLIEZ

08 dezembro 2017

Título : A Síndrome E
Autor : Franck Thilliez
Paginas : 367
Editora : Intrínseca
Nota : 5/5

Sinopse :Um estranho caso vem atrapalhar as férias de verão de Lucie Henebelle, tenente de polícia em Lille. Seu ex-namorado ficou cego depois de assistir a um filme mudo, anônimo, com um roteiro enigmático, concebido por uma mente doentia.
Simultaneamente, o comissário Franck Sharko, veterano da Divisão de Homicídios e analista comportamental na Divisão de Repressão à Violência passa por um tratamento na tentativa de curar a esquizofrenia. No norte da França, cinco cadáveres não identificados foram encontrados sepultados a dois metros de profundidade mutilados de maneira atroz e em estado de decomposição avançada e Sharko cede ao chamado da aventura.
Enquanto Lucie descobre os horrores escondidos no estranho filme, um misterioso informante do Canadá aponta-lhe o elo existente entre aquele rolo e a história dos cinco cadáveres. Um único e mesmo caso, graças ao qual Lucie e Sharko, tão diferentes e ao mesmo tempo tão próximos em sua concepção do ofício, irão se encontrar.
Das favelas do Cairo aos orfanatos do Canadá nos anos 1950, os dois colegas irão se deparar com um mal desconhecido, batizado como “síndrome E”. Uma realidade assustadora que revela como o ser humano pode ser capaz das maiores atrocidades.



Avaliação

"Cuidado com esse filme."

Olá, hoje vim falar um pouco dessa leitura maravilhosa, que me surpreendeu muito.
Vamos conhecer a Lucie, tenente de férias e passando por um  momento delicado: enquanto uma de suas filhas está num acampamento, a outra está muito doente no hospital, e é lá onde Lucie passa suas noites. Até que um telefonema de seu ex namorado Ludovic, a deixa confusa, ele liga pedindo ajuda pois está cego. Ela pede pra uma ambulância ir ao seu socorro, e após exames, ele fica internado para investigar a origem de sua cegueira repentina, e conta a Lucie que comprou alguns rolos de filmes antigos , mas um deles não tinha identificação, e foi assistindo  a esse filme que de repente perdeu a visão, e após achar seu celular tateando pela casa, tentou ligar pra alguém, e esse alguém por sorte foi a Lucie.


Ludovic pede para ela levar o filme a um amigo que é  restaurador, que após uma análise  do filme quadro a quadro faz revelações misteriosas sobre seu conteúdo, fazendo assim a tenente querer investigar a sua origem , começando com seu antigo dono Wlad, que faleceu a poucos dias, e seu filho resolveu vender toda coleção de filmes antigos do pai.
Investigando o Wlad, Lucie descobre que ele fez uma ligação antes de morrer para alguém no Canadá, ela retorna a ligação do celular do Wlad, e a pessoa que atende fica chocado ao saber o que aconteceu e só acreditará que ela é policial se ela  falasse de um caso: cinco corpos que foram encontrados recentemente, e só responderia suas perguntas se ela desse detalhes sobre este caso.


Caso em que o Comissário Frank, que estava afastado do trabalho em campo para tratar a esquizofrenia, é chamado pelo seu chefe para lidar com esse bizarro caso onde cinco cadáveres foram encontrados no meio do nada (graças a uma escavação para passar tubulações), e mutilados de maneira peculiar, sem possibilidade de identificação.
"O policial deixou -se ficar ali sozinho, examinando o espaço vazio. Imaginou os cinco corpos empilhados...Todas as perguntas inerentes à cena do crime vinham a seus lábios.As vitimas se conheciam? Haviam morrido ao mesmo tempo? Em que circunstancias?"

Querendo saber o que o rapaz de Canadá  tem a dizer sobre o filme, Lucie vai ao encontro de Frank , e eles descobrem que os dois casos podem  estar estranhamente ligados.
Mas....
Como um filme antigo esta ligado aos cinco corpos achados ?
Quem seria esse misterioso que parece saber muito mais sobre tudo isso?
Essa foi uma leitura que me prendeu a cada virada de página, amo livros de suspense e investigação, e neste livro fui presenteada pelos dois.



A forma como vemos os quebra cabeças irem se montando me deixou com a boca aberta, e a maneira em que tudo se interliga foi surpreendente.
Um final que me deixou sem folego, e estou ansiosa para ler a continuação.
Também conhecemos um pouco sobre a Lucie e o Frank, e suas cicatrizes, a forma como esse trabalho afetou e afeta suas vidas .
"Sou a caricatura ambulante de tudo que um policial tem de pior, estou inchado de comprimidos, transtornado, matei, fui ferido, mas continuo de pé. Aqui , nas minhas duas pernas, à sua frente."

 Um livro onde mostra o que o ser humano é capaz de fazer, e sim , podem fazer muitas atrocidades.
Venha também descobrir o que é A Síndrome E.


6 comentários:

  1. É assustador como alguns humanos têm uma maldade tão latente. Não é de se surpreender mas é intrigante como eles não tem numa empatia. Parece ser uma leitura empolgante com esse tema de suspense.

    ResponderExcluir
  2. Eita! Que suspense gostoso. Já aguçou minha curiosidade adoro suspense policial, psicológico e o que valha rs
    A única coisa que me incomodou é: Quantos volumes tem a série?
    Bjs e parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro esse tipo de leitura, de tentar montar o quebra cabeça com os personagens. A maioria das vezes eu erro, mas é muito legal tentar desvendar as pistas. Eu nunca li nada dessa autor, mas esse livro está há um tempinho na minha meta de leitura. Espero poder ler em breve.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  4. Oiie
    Uau, para tudo, que resenha maravilhosa. Não conhecia essa obra mas fiquei bem interessada. E é verdade, os humanos podem fazer várias atrocidades. Lindo post e lindo blog.
    Bjos, Bya! ��

    ResponderExcluir
  5. Uau, que resenha maravilhosa! Parece ser uma história incrível e que te prende do início ao fim, faz um tempinho que não leio livros de suspenses e fiquei curiosa sobre o porquê das pessoas ficarem cegas ao verem as fitas e qual seria a ligação dos dois casos. Obrigada pela dica, bjss!

    ResponderExcluir
  6. Olá!

    Que premissa é essa? Quero pra ontem! Não o conhecia, mas adorei, me parece uma história bem original.

    ResponderExcluir