RESENHA- LAURA SOPHIA HEYES - THAIS CALDEIRA

05 maio 2018


Minha familia, que eu amava, estava envolvida nisso tudo sem que eu soubesse . As cartilhas que minha mãe me dera pela manhã naquele dia continham informações  do tipo "seja leal ao sei e se dará bem" e eu sequer imaginava que estava no meio de uma batalha dessa monta.

Título: Laura Sophia Heyes
Autora : Thais Caldeira
Páginas:195
Editora : Autografia
Nota 3/5
*livro cedido pela editora para resenha*

Sinopse : Laura era uma modelo famosa em seu país. O lugar era governado por uma monarquia, a história se passa no período pós guerra e a população estava se revelando contra o governo por não ter condições de sobrevivência. Os pais de Laura decidem se aliar ao governo e, com a ajuda da filha, veiculam notícias em favor do rei pelas mídias, neste momento a vida de Laura muda completamente, ela sofre ameaças e ataques direcionados até que precisa decidir de que lado vai lutar.
 Avaliação

Olá
A resenha de hoje é sobre esse livro, bem curtinho, primeira obra da autora Thais Caldeira.
Nos vemos em um reino, o Reino Das Sete Ilhas no período pós-guerra. Como o nome já diz, são sete ilhas, em cada um morava um grupo de pessoa : uma ilha onde só tinha a elite, outra onde moravam os agricultores, em outra os mais pobres... enfim, e o palácio estava no centro das sete ilha.



O período era delicado, pois muitos eram contra o rei, por não dar as devidas condições de sobrevivência  as ilhas mais pobres, onde se deu origem aos rebeldes.
E sem saber, a Laura era parte de algo muito maior.
Como assim?

Laura com apenas 18 anos era uma modelo muito famosa, moradora da Ilha Do Céu, dava muitas entrevistas, todas previamente respondidas por sua mãe, e assim a Laura só lia as respostas, em uma dessas entrevistas ela é sequestrada por rebeldes e descobre da pior maneira que seus pais eram aliados do rei, e usavam  o seu sucesso  para uma campanha a favor do rei com suas respostas em entrevistas, e os rebeldes não gostaram disso pois como ela era da mídia, influenciava muitas opiniões .



Após conseguir fugir e presenciar algumas tragédias que mudaram sua vida, ela se esconde  do mundo por um ano, até que a rainha a encontra e a leva ao palácio...
Mas, qual seria o motivo desse interesse da rainha? E os rebeldes? Ela estaria mais segura no palácio ou realmente há outros planos para Laura?
Uma leitura super rápida, vemos o desenrolar de uma garota ao descobrir as verdades que lhe foram escondidas, vemos garra , determinação, fúria, e o seu crescimento.
Aqueles dias que passamos no campo não foram apenas de brincadeiras, foi um verdadeiro treinamento. Hoje eu sei que você esta pronta para continuar sem mim.
Um enredo bem legal, mas achei o livro corrido demais, não ligaria de ler algumas páginas a mais, e em muitos momentos a autora poderia sim dar uma aprofundada em alguns detalhes.
Mas no geral é uma boa leitura, que pode ser feita em uma tarde.
A edição tem folhas brancas, e não encontrei erros.



No final a autora nos explica quais são as ilhas, pois na história não aparecem todas, e quem mora em qual , assim como um desenho de sua disposição, e um glossário com os nomes dos personagens e quem são eles na história. 

O mundo que construímos nem sempre é o mundo no qual queremos viver.

Bjus de luz.


7 comentários:

  1. Tudo bem? Esse eu não lembro de ter lido nada por aí.
    O enredo me interessou, tem os ingredientes que costumo curtir, somado a um drama com questões reflexivas.

    Vou pesquisar mais sobre a história.
    Obrigada pela dica.
    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  2. Oiii Jis

    Que pena que a leitura é corrida, a autora pdoeria ter se aprofundado mais na história, a premissa é boa e dava pra ter sido bem aproveitada. Mesmo assim é um livro que me chama a atenção e que leria com certeza.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem?

    A proposta do livro parece bem bacana, que pena que a autora tinha "pano para manga" - digamos assim - mas não usou todo o potencial que podia, mas que bom que ainda assim você conseguiu aproveitar a história. Que família complicada a da mocinha, heim? Ao terminar de ler a sua resenha, por mencionar que nem todas as ilhas apareceram e tal, fiquei com a sensação de que vai ter continuação, vai?

    Beijo.
    Ana Luz.

    ResponderExcluir
  4. Oi Jis! Já li vários livros com uma premissa bem parecida, mas ainda não conhecia este. Uma pena que a autora não soube aproveitar todo o potencial da história e acabou tornando a narrativa corrida. Confesso que não me senti muito inclinada a lê-lo, apesar de gostar do gênero, quem sabe mais pra frente estou com muitas leituras acumuladas no momento..
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    A história realmente tem um enredo interessante, porém acho que não foi bem desenvolvida, ao menos entendi isso pela resenha.
    Às vezes realmente seria melhor uma história maior a ficar corrida deste jeito, uma pena mesmo, tinha tudo para ser uma boa história.

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    lendo a resenha me lembrei da série " A Seleção" toda essa coisa de ilhas me lembrou bastante. Adoro livros assim, com essa revolução, pessoas lutando pelos seus direitos. Parece ser uma história eletrizante, e eu não conhecia. Gostei de conhecer e espero conferir!

    beijos!
    https://blogminhaestanteliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Eu gosto de distopia, adoraria ler esse livro, já me surpreendi muito com livros recém lançados.

    ResponderExcluir