01 julho 2018

Entrevista : Adriana Arebas, autora do livro Bem Me Quer Mal Me Quer

"A linguagem é uma fonte de mal entendimentos.
Mas se você estuda com cautela,será sábias em suas leituras"

Oi gente.
Hoje quis falar de um livro de uma outra forma, e qual seria a melhor maneira senão conversando com o autor? Hoje apresento para vocês um pouco da Adriana Arebas e sua obra  Bem Me Quer Mal Me Quer.


Título: Bem Me Quer Mal Me Quer
Autora: Adriana Arebas
Páginas: 324
Editora: Independente
Sinopse:Travis O'Conner é um homem com muitos desejos. Para ele o que importa é sua vontade e nada mais. Contudo, a inconsequência de seus atos lhe trara grandes arrependimentos e o fara repensar suas escolhas.
Para Life McGarrett a vida nunca demonstrou benevolência, quando criança perdeu o pai e anos mais tarde com a perda da mãe, se viu sozinha e desamparada, tendo que lidar com o egocêntrico Travis. Em meio a tanto sofrimento, Life encontrara na companhia de Thomas algum conforto para continuar lutando. Sera que o amor de uma mulher dividida transformara um homem como, Travis O'Conner?
1- Fale um pouco sobre você.

Meu nome é Adriana Arebas, pessoa simples que ama escrever e ler, viajar, conhecer
culturas e sabores diferentes, mãe, esposa geminiana e feliz. Não tenho muito o que falar. (Risos)

2-  Quando você se viu autora?

Há muito tempo atrás eu escrevi três livros e joguei-os fora por insegurança. Sempre gostei de ler e escrever, mas só depois que eu fui viver em Paris-França, senti a necessidade de colocar meus pensamentos em papel para distrair-me, e manter a saudade aquietada em meu peito. Foi como uma válvula de escape. 


3- Quanto tempo levou para concluir Bem Me Quer, Mal Me Quer?

Na verdade, não faço ideia. Eu procuro não me cobrar e não me forçar para terminar um livro rápido. Me dou o tempo de pensar e escrever, porque se eu sentar e escrever sem estar preparada para aquele momento, a história acaba tomando rumos que eu não gostaria. Então, eu procuro escrever com calma, mesmo que isso demore mais do que os leitores desejam. (Sorry)




4- Quando você decidiu publicar seu livro?

Depois que conheci a plataforma wattpad e vi como estava crescendo as opções de divulgações e leitores dando o feedback. A interação com os leitores que me acompanhavam e ainda o fazem, me deu força para sonhar e realizar.

"Para amar uma pessoa que um dia a fez chorar,precisa ser mais que isso.Para amar precisa de força e coragem.Para sentir precisa de sensibilidade.Para perdoar que é o ato mais difícil,precisa ter coração e humildade.Voce é assim.O perdão existe para perdoar quem nos machuca, nos fere. Como perdoar uma pessoa que nunca nos fez mal algum?"
5- Quais suas inspirações para escrever?

Se eu te falar que são as mais malucas possíveis, você acreditaria? Eu gosto daquilo que é completamente louco para uns, porem é a realidade de muitas pessoas. Só que ninguém conhece as histórias de verdade. Aqui mesmo onde moro atualmente, Florida-U.S.A, existem casos absurdos e insanos, reportagens que te faz pensar: mentira que eu vivo neste mundo e existe esse tipo de pessoa? Mentira que ele fez isso com ela por tantos anos e ela aceitou?
Mentira que essa mulher tão doce, foi capaz disso? São coisas que muitos leitores falam em romantizar a tragédia, mas que na realidade, acontece muito mais do que se conhece e do que é falado. E isso é sobre todos os aspectos, mais diversos temas. Então eu só presto muita atenção ao meu redor e colho informações reais e vivas, de repente, eu sento e escrevo. Apenas isso. 


6- Qual a sensação de ver seu livro nas estantes e biblioteca kindle dos leitores?


É aquela vontade de chorar de muita felicidade. Toda vez que eu escrevo a palavra fim nos livros, eu choro. Ver um trabalho concluído é muito intenso e gratificante. 



7- Algum autor iniciante já te pediu conselhos sobre a escrita?


Já sim. E o que falei foi: escreva para você em primeiro lugar. Se você que é o autor, e não gostar do que você fez, não deixe que conheçam sua história. Procure escrever de modo simples, que todos possam entender, sem aquelas palavras cabulosas que o leitor precise ir toda hora ao dicionário porque não sabe o que significa. A leitura precisa fluir assim como a escrita, depois disso, tudo vai dar certo.

8- O que o leitor pode esperar de Bem Me Quer, Mal Me Quer?


Amor, perdão, drama, superação, aprender a se amar e não julgar pela aparência. Aprender a lidar com as diferenças e sentir na pele que dinheiro é bom sim, mas sem amor e um delicioso sexo, nada faz sentido. Aprender que ser forte, vale muito a pena.
"O verdadeiro amor nunca se desgasta, quanto mais se dá, mais se tem."
9- Projetos futuros? Pode nos dar um leve spoiler do que Adriana Arebas está planejando? 


Planejando? Essa pergunta para uma geminiana é quase como uma explosão. (Risos). Tenho muitos projetos, já terminei três livros e estou escrevendo mais três. Quero revisar os que precisam para fazer físico. Mas logo teremos surpresas surgindo nas plataformas e parceiros.

10- Deixe uma mensagem para os leitores.

Espero que gostem do livro. E que conheçam minhas outras obras. É um prazer tê-los como leitores e para aqueles que estão me conhecendo agora, sejam bem-vindos. Aventurem-se comigo por esse mundo imaginário. Ler é sonhar, viajar, amar, viver. Tudo em algumas páginas. E se você pensa em escrever, vai fundo. Dê asas a sua imaginação e cresça, evolua com seus sonhos. 


🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷

Gostaram da entrevista?
Para conhecer as outras obras da autora basta clicar aqui .
Bjus de luz.

16 comentários:

  1. Que autora linda! Não a conhecia e adorei saber mais sobre ela <3
    E achei a capa desse livro tão LINDA *_*

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  2. Oi Jis, eu amo estas entrevistas com autores nacionais. Não conhecia o livro, mas achei a capa linda e vou pesquisar mais sobre ele.
    Bjos
    Vivi
    http://duaslivreiras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Uau,que linda entrevista. Adorei as perguntas e as respostas da autora..
    Não conhecia ela,mas fiquei bem interessada por seus livros.
    Amei a capa de Bem me quer mal me quer,está impecável!!
    Adorei o post, beijos!

    ResponderExcluir
  4. Olá! Poxa, que entrevista mais amorzinha, gostei muito de conhecer a autora e saber que a escrita foi uma forma de escape! Muito sucesso pra ela!

    Beijos,
    Conta-se um Livro

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Que entrevista mais fofinha e que autora mais simpática. Eu não conhecia esse livro, mas, pelo que ela falou, fiquei interessada. Gostei de saber que o livro envolve vários temas. Também animei muito por saber que, apesar da insegurança, ela foi atrás de seus sonhos.
    Vou anotar essa dica e espero gostar do livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia o livro nem a autora mas gostei de conferir, muito fofa essa entrevista, eu adoro conferir entrevistas porque sempre acabamos conhecendo melhor os autores, parabéns pelo trabalho e sucesso para a autora.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Que entrevista mais interessante, Jis. Eu não conhecia o liro nem a autora e gostei bastante de poder conferir um pouco sobre o que ela tem a dizer sobre si e sobre a sua obra. Fiquei curiosa para ler o livro.

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem? Não conheço a autora e não me interessei pelo livro, acho que já existem tantos e tantos parecidos com esse que, honestamente, não existe nadinha que me chame atenção. Achei a entrevista legal, é sempre bom dar voz aos autores, mas encontrei bastantes erros de português por parte dela, o que me faz ter um pé atrás com a literatura dela (mau português, infelizmente, sempre me afasta de livros). Mas espero que, se você for fazer a leitura, que goste dela! Achei a edição física bem bonita :)

    Love, Nina.
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Love your post dear! If you want you can check out my blog.I write about fashion, beauty, and lifestyle.Maybe we can follow each other and be great blogger friends!

    http://herecomesaajla.blogspot.ba/

    ResponderExcluir
  10. Olá Jis, eu sou apaixonada por entrevistas! Faço algumas no meu blog faz um tempão, tenho certeza que esse livro é incrível e estou pensando em entrar em contato com a autora para conhecer mais sobre o trabalho dela.

    Beijos e Abraços Vivi
    Resenhas da Viviane

    ResponderExcluir
  11. Olá, gostei muito de conferir essa entrevista, especialmente na parte em que a autora fala sobre suas inspirações para escrever, já ouvi falar sobre o livro dela.

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Não conhecia a autora ou mesmo o livro dela, mas gostei de saber que ela não se cobra para escrever, o que faz disso um dom, que requer inspiração e as inspirações que ela relata me fez desejar conhecer a escrita dela. Vou anotar esse título aqui.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia essa autora, mas adorei conferir a entrevista. Ela parece ser muito simpática e achei interessante ela não ficar se cobrando por prazos de escrita. Por mais que a espera seja difícil para os leitores, acho que escrever sob pressão deve ser péssimo, então, o autor tem que ter liberdade para escrever no seu tempo.
    Fiquei impressionada com quantos projetos ela tem em andamento, mas espero que todos façam muito sucesso. Gostei da sinopse do livro dela e vou pesquisar mais sobre ele.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. É sempre maravilhoso conhecer autores nacionais e Adriana Arebas fi uma grata surpresa. Achei muito legal o fato de ela seguir o ritmo dela na escrita sem cobranças, o que só prova que escreve por prazer e o compromisso primeiro é com ela.
    Fiquei muito empolgada para conhecer Bem me quer, mal me quer.

    Bjo
    Tânia Bueno

    ResponderExcluir
  15. Olá,

    Não tinha ouvido falar nessa autora ainda, o que mais me chamou atenção na entrevista não foi sua obra, e sim saber mais sobre as coisas tão sinistras que ela citou hahaha #curiosa. Desejo sucesso nessa jornada é que seus livros ganhem o mundo.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi Jis, sua linda, tudo bem?
    Também acho que ler é sonhar e autora ainda disse que é amar e viver. Sim, porque sentimos a vida dos personagens nas páginas de um livro. Ela parece ser muito simpática pelas respostas que deu e fiquei impressionada por ela conseguir escrever 3 livros ao mesmo tempo. Desejo sucesso para a autora e espero a resenha do livro aqui no blog para eu conhecer a história.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir